PUBLICIDADE

Cultura


Que tal um pouco de arte?

Publicada em: 09/06/2018 - 08:00

Programação semanal apresenta ótimas opções para sair da rotina, apreciar iniciativas culturais e fomentar a economia solidária

Que tal um pouco de arte?

Oswaldir e Quinteto Nativo promove lançamento de novo álbum em jantar baile, nesta sexta-feira

Crédito: Divulgação

Peça “O bilhete”

De repente, milhões no banco e uma vida para recomeçar. Quem nunca sonhou com uma grande mudança na rotina, jogar os problemas no lixo e aproveitar o luxo daquilo que é possível comprar? Mas o dinheiro não traz somente a felicidade. Com o poder nas mãos, o caráter pode tomar outras formas, antigas angústias surgirem à tona e o essencial escapar do alcance de quem o procura. São a partir destes embates que o Grupo Timbre de Galo apresenta “O Bilhete”, história inspirada no conto “O Bilhete Premiado”, de Anton Tchekhov. A peça teatral tem sessão com classificação livre neste domingo (10), às 20h, no Teatro Municipal Múcio de Castro (Avenida Brasil Oeste, 792). Ingressos na entrada: R$ 30 (inteiro) e R$ 15 (meia-entrada).

Feira de Economia Solidária

Neste domingo (10), a partir das 15h, a Casa de Cultura Vaca Profana (Rua Paissandú, 180) serve de lar para a Feira de Economia Solidária: equidade de gênero e geração de renda. O evento possibilita a compreensão de outras formas de se relacionar com a economia (por autonomia, autogestão e solidariedade entre os empreendedores, de modo a possibilitar a geração de renda por vias não precarizadas de trabalho), em uma visão que vai além do lucro pessoal e pensa no benefício da comunidade e da natureza. Além disso, a atividade inclui bate papo sobre Protagonismo Feminino e a Geração de Renda através da Economia Solidária, exibição do documentário curta-metragem “Sementes” e venda de comidas, artesanatos, fotos, ilustrações, artes e roupas de brechó. Como não poderia ser diferente, é também uma oportunidade de trocar experiências e incentivar o comércio local. A feira é uma parceria da Vaca com o projeto Economia Solidária e Equidade de Gênero da Universidade de Passo Fundo, o Fórum de Economia Solidária do Município de Passo Fundo e Empreendimentos de economia solidária em Passo Fundo. A entrada é gratuita.

Peça "Alice: Além da toca do coelho"

Inspirada na obra “Alice no País das Maravilhas”, de Lewis Caroll, a peça “Alice: Além da toca do coelho” conta a história da personagem que dá nome à história e que, após cair em um buraco perseguindo um coelho branco, descobre um novo mundo, com chapeleiro maluco, lebre de março e Rainha de Copas. Neste país tão diferente, Alice se depara com questionamentos filosóficos que a transformam como pessoa, deixando-a ainda mais curiosa. A apresentação do grupo porto-alegrense, com trabalho voltado ao público infantil, acontece no Teatro do Sesc Passo Fundo (Avenida Brasil, 30) nesta quarta-feira (13), às 10h e às 15h. Escolas públicas podem agendar participação gratuita diretamente no Sesc local ou no telefone (54) 3313-4318.

Acústicos RS

A terceira edição do projeto “Acústicos RS”, que leva shows gratuitos a cidades gaúchas, chega a Passo Fundo nesta sexta-feira (15). O evento acontece no Centro de Eventos Notre Dame (Rua Morom, 2255), com apresentações de Juliano Barreto, às 20h, e da banda Chimarruts, às 21h30min. Os ingressos serão distribuídos através de senhas na quinta-feira (14), das 13h às 19h, no local dos shows. Caso ainda tenham ingressos disponíveis, serão distribuídas as senhas restantes no do evento a partir das 18h. Serão disponibilizados somente dois ingressos por CPF.  O projeto tem financiamento do Pró-Cultura RS - Lei de Incentivo à Cultura.

Oswaldir e Quinteto Nativo

Depois de 32 anos, a dupla Oswaldir Souto e Carlos Magrão segue agora rumos diferentes. A experiência conquistada ao longo da carreira serve de combustível para Oswaldir em seu novo projeto, junto ao Quinteto Nativo. Para lançar oficialmente o primeiro álbum, intitulado “Gaúcho em qualquer chão”, o grupo promove nesta sexta-feira (15) um jantar baile no CTG Lalau Miranda (Rua Uruguai, 11). O jantar será servido a partir das 21h, pela Equipe Sipriani; o show acontece às 23h, com Oswaldir e Quinteto Nativo; e a partir da 1h o baile fica por conta do grupo Chama Campeira. Ingressos nos locais: Point Horse, secretaria do CTG Lalau Miranda, portaria da Rádio Planalto e DKS Produções e Eventos. A banda conta com Oswaldir na voz e violão, Luiz Escobar no vocal e baixo, Pedro Almeida na voz e percussão, Jauro Von Gehlen na voz e acordeom e Rafael Terres e Glenio Vieira no violão.

Exposição

Para quem gosta de fotografar, o Museu de Artes Visuais Ruth Schneider, o Museu Histórico Regional e o Museu Zoobotânico Augusto Ruschi têm um convite especial: os três museus foram selecionados no programa da Caixa Econômica Federal de Apoio ao Patrimônio Cultural Brasileiro 2017/2018, com o Projeto “Rio Passo Fundo: patrimônio paisagístico, natural, ambiental, histórico-cultural, econômico e político”, que visa a criação e construção de um banco de dados, exposições e ações educativas sobre a Bacia Hidrográfica do Rio Passo Fundo e os 30 municípios que a compõem. Dentro das ações do projeto, será montada em uma das salas expositivas do MHR uma exposição com fotografias representativas do Rio e seus usos. Para tanto, os museus convidam a participar desta ação todos que tiverem imagens do Rio Passo Fundo, através do empréstimo ou doação de fotografias. As imagens podem ser enviadas pelo e-mail [email protected] ou entregues no MHR (Avenida Brasil Oeste, 758). Informações através do telefone (54) 3316-8586.

Palavras-chave:

agenda cultural

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE



PUBLICIDADE