Economia

Publicada em: 13/12/2012 - 07:50 , por Daniela Wiethölter Lopes/ON

A A A

Passo Fundo tem o 4º maior crescimento do PIB no Estado

A economia da cidade cresceu acima do Brasil e do Rio Grande do Sul em 2010, com 21,3% de avanço sobre 2009.

Créditos: Arquivo ON
Passo Fundo tem o 4º maior crescimento do PIB no Estado

O Produto Interno Bruto (PIB) de Passo Fundo cresce mais que a média brasileira e gaúcha. Em 2010, foi o 4º município do Estado com maior índice de crescimento do (PIB). O avanço foi de 21,3%, em comparação com o ano anterior, três vezes o registrado em Santa Cruz (7%) e o dobro da taxa de Triunfo (10,8%), responsável por um dos maiores PIB´s do país. No Brasil, a variação foi de 14% e no Rio Grande do Sul, 16,9%. Ao confrontar o PIB do município entre 2006 e 2010, o aumento é maior ainda, chegando a 42,5%. O levantamento foi divulgado nesta quarta-feira (12) pela Fundação de Economia e Estatística (FEE).

No ranking geral no Estado, Passo Fundo assegurou a 10ª posição entre os municípios que mais cresceram entre 2009 e 2010. No entanto, a diferença da soma das riquezas produzidas entre Santa Cruz do Sul (R$ 4.810.913.000,00), Pelotas (R$ 4.564.464.000,00) e Passo Fundo (R$ 4.551.198.000,00) é pequena, conforme analisou o secretário de desenvolvimento, Marcos Cittolin. “Mantivemos a posição, mas com uma diferença mínima de menos de R$ 3 milhões em relação a Pelotas”, detalhou.

Ele explicou ainda que a expansão dos investimentos em indústria e no setor de serviços influenciou esta variação. Em Passo Fundo, nada menos que R$ 3,2 de cada R$ 4 que compõem o Produto Interno Bruto (PIB) estão no setor de Serviços, que engloba ainda o comércio e os serviços públicos. No período, o crescimento acumulado no setor foi de 22,9%, terceira maior variação do Estado. Além disso, o PIB de serviços de Passo Fundo é ainda o 5º maior entre os municípios gaúchos.

A presença de novas indústrias também fomentou o crescimento da soma das riquezas produzidas no município, como a BSBIOS e a Italac. Cittolin ressalta que em 2010 os dois empreendimentos ainda estavam no início do potencial produtivo, mas mesmo assim, foram fundamentais para o PIB industrial de Passo Fundo crescesse 14,7%, 4° melhor desempenho no Estado. “Se consideramos que em 2012 a BSBRIOS já esta passando de R$1 bilhão de faturamento e a Italac chegando próximo a R$ 400 milhões, a perspectiva é que o nosso PIB cresça mais ainda nos próximos anos”, destacou. Além disso, também haverá a influencia de outros novos empreendimentos, como Ambev e Manitowoc. “Quando começarmos a colher os frutos dessas novas empresas, vamos disputar o quinto ou sexto lugar no Estado”, comemorou.

Qualificação da renda

Para o Prefeito Airton Dipp, a evolução é resultado de uma soma de fatores, entre eles o bom momento econômico da economia brasileira, mas principalmente nos reflexos da qualificação da indústria local, que influenciou fortemente nos segmentos de serviços e comércio. “Este salto mudou muito a vida dos passo-fundenses, já que surgiram muitos empregos industriais, e no setor de logística - setores que normalmente pagam salários maiores - além de influenciar fortemente no setor de serviços e comércio, que precisaram melhorar os salários para não perderem profissionais para estas novas empresas. Isto melhorou a renda per capita na cidade. Hoje, Passo Fundo é destaque no Estado no quesito emprego e renda, acredito que ficamos atrás somente de Rio Grande”, destacou.

PIB per capita
De acordo com a FEE, o PIB per capita (PIB dividido pelo número de habitantes) de Passo Fundo foi de R$ 24.619,00, uma evolução de 18,7% sobre os R$ 20.015,00 registrados em 2009. No Brasil foi de R$ 19.766,33 em 2010. Quase 4,8 mil municípios, no entanto, registraram PIB per capita abaixo dessa média.

2009

Em 2009, Passo Fundo havia crescido 9,1% em relação ao ano anterior. No Rio Grande do Sul, a variação foi de 8,2%. O desempenho no período tinha sido quase duas vezes o registrado em Porto Alegre (5,4%) e quase três vezes a taxa de Novo Hamburgo (3,8%).

RS

Além de Passo Fundo, outros 222 municípios cresceram acima da média do PIB do Estado, que foi de 17%. No entanto, 273 cresceram abaixo da média estadual, enquanto 40 tiveram desempenho negativo. Aqueles que têm a economia vinculada à agropecuária, e que estão mais sujeitas a estiagens e quebra de safras, obtiveram os piores desempenhos.

 PIB per capita 2010

Passo Fundo - R$ 24.619,00 (+18,7%)

Brasil - R$ 19.766,33

RS – 23.606,36

 PIB Passo Fundo

Ano   PIB    Variação 2009/2010  Ranking RS  Variação Agropecuária  Variação Indústria Variação Serviços
2010  R$ 4.551.198.000,00 21,3% 10º -3,7%   14,7% 22,9%

Ranking 10 maiores PIB´s do RS

Posição  Cidade PIB Variação 2009/2010
Porto Alegre R$ 43.038.100.000,00 16,7%
Canoas R$ 16.547.966.000,00 1,9%
Caxias do Sul R$15.692.359.000,00  27,9%
Rio Grande  R$ 7.737.855.000,00  21,4%
Gravataí  R$ 7.081.795.000,00 22,2%
Triunfo   R$ 5.777.746.000,00 10,8%
Novo Hamburgo   R$ 5.395.053.000,00 18,2%
Santa Cruz do Sul  R$4.810.913.000,00   7%
Pelotas R$4.564.464.000,00     17,5%
10° Passo Fundo    R$4.551.198.000,00  21,3%

 Fonte: FEE

Palavras-chave:

Economia

PIB

Grupo ON Comunicação
Acompanhe aqui as notícias mais recentes sobre política, economia, esportes, moda, cultura, blogs de Passo Fundo e Região.