PUBLICIDADE

Esporte


Gaúcho vence o Inter por 2 x 1

Publicada em: 08/11/2018 - 03:52, por Jean Brambatti / [email protected]

Um empate em Alvorada classifica o periquito

Gaúcho vence o Inter por 2 x 1

Jogo foi realizado na Arena

Crédito: Alex Borgmann / SC Gaúcho

No primeiro jogo das quartas de final da Copa Wianey Carlet, o Gaúcho conseguiu abrir vantagem contra o Internacional.  Na tarde de ontem (07), Rafinha Magalhães marcou duas vezes e garantiu a vitória de 2 x 1 na Arena BSBios Wolmar Salton. A partida de volta está marcada para o próximo domingo (11), 12h, em Alvorada, e o Gaúcho joga por um empate.

 

O jogo

No primeiro tempo, jogo equilibrado e sem grandes oportunidades de gol. O Inter não teve seus principais jogadores e o técnico Ricardo Cobalchini, que viajou com o Inter B para Salvador, onde joga a semifinal do Brasileirão de Aspirantes. Mesmo com a garotada, levou perigo com Edson acertando o travessão em chute da entrada da área e com Wallace assustando da mesma maneira. O Gaúcho ameaçou nos primeiros minutos com os contra-ataques pela direita. Após cruzamento na área, Dimitry quase abriu o placar, mas errou o tempo de bola. Quando já se passava dos 40 minutos, o lateral-direito Dartora fez grande jogada pela direita e cruzou para Rafinha Magalhães abrir o placar, com chute no contrapé do goleiro Colorado.    

Rafinha Magalhães voltou para a segunda etapa sendo o jogador mais participativo do Gaúcho. Em cobrança de escanteio, o zagueiro Bruno desviou e Magalhães foi parado pelo goleiro Igor José. Logo na sequência, o atacante do periquito fez jogada individual, chutou da entrada da área e a bola raspou a trave. O Inter assustava com as jogadas do atacante Wallace pela esquerda. Na primeira tentativa, foi parado por William Lago. Na segunda, encontrou Lucas de Ramos na área e o meia Colorado empatou a partida. Poucos depois, o Gaúcho voltou a ficar na frente do placar. Rafinha Magalhães foi acionado em velocidade, driblou o goleiro e marcou o gol da vitória.

 

Gaúcho: William Lago; Dartora (Boni), Bruno, Wagner e Rafinha Carletti; Júlio César, Adilson e Gustavinho (Maylon); Rafinha Magalhães (Lucas), Rafael Pilões (Vinícius) e Dimitry. Técnico: Fabiano Borba.

Inter: Igor José; Leandro Mendes (Jonatan), Pedro Henrique, Volnei e Yan Petter (Leocovick); João Gabriel e Edson (Erick); Brenner, Lucas de Ramos e Wallace (Edilson); Gabriel (Dudu). Técnico: Manu Correa.

    

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE



PUBLICIDADE