Estado

Publicada em: 14/11/2013 - 16:59

A A A

CNH Social oferta vagas para mudança de categoria

Até o final da quarta-feira (13), 1.842 condutores inscreveram-se para habilitação nas categorias C, D ou E.

Nos primeiros sete dias úteis de inscrições para o programa CNH Social, 43 mil pessoas registraram-se nos CFCs para concorrer às 7 mil vagas oferecidas para 2013. O Detran/RS registra, no entanto, baixa procura para o serviço de mudança de categoria, que tem 4,2 mil vagas disponíveis. Até o final da quarta-feira (13), 1.842 condutores inscreveram-se para habilitação nas categorias C, D ou E. 

Dessas 4,2 mil vagas, 840 são destinadas à mudança para categoria "C", 2.940 destinados à mudança para categoria "D" e 420 destinados à mudança para categoria "E". O programa reserva metade dessas vagas para mulheres. No entanto, somente 471 mulheres (25% do total de 1.844 inscrições) candidataram-se para essas categorias, que permitem dirigir veículos de carga (C), de transporte de passageiros (D) e veículos articulados de carga e passageiros (E). 

Mais de 90% das inscrições são para primeira habilitação nas categorias A (3.892) e B (35.643), que possuem 1,4 mil vagas no total. Entre os mais de 43 mil inscritos em 145 municípios, mais de 80% são mulheres. O programa também tem reserva de vagas para negros, na proporção de 15%, que corresponde à representação de negros e pardos na população gaúcha e leva em conta a diferença entre o rendimento médio e a qualidade da ocupação dessa população, detectada em pesquisa do Dieese. 

Entenda as categorias de habilitação 
A categoria A habilita a conduzir moto, enquanto a B habilita a conduzir carro. Já as categorias C, D e E habilitam para conduzir os chamados veículos pesados, sendo a C para veículos de carga, a D para veículos de transporte de passageiros e a E para veículos articulados de transporte de carga e passageiros. 

Motoristas com CNH categoria B poderão habilitar-se para categoria C e D. Para a categoria C, é necessário ter pelo menos 1 ano de categoria B, e para a categoria D, dois anos de categoria B e 21 anos completos. Motoristas com as categorias C e D poderão habilitar-se para categoria E. Habilitados na categoria C devem ter um ano de habilitação nesta categoria para habilitarem-se na categoria E. 

Sobre a CNH Social 
O programa CNH Social foi criado pela Lei Estadual n° 14.029, de junho de 2012, com o objetivo de oferecer à população de baixa renda mais e melhores oportunidades no mercado de trabalho, com a oferta de serviços de habilitação gratuitos. As inscrições foram abertas na quarta-feira (06) e estendem-se até o dia 29 de novembro. 

Para se inscrever, o candidato deve dirigir-se a um dos 274 Centros de Formação de Condutores (CFCs) do Estado. É necessário preencher os requisitos para a categoria de habilitação pretendida, comprovar residência no Estado há pelo menos dois anos, ter renda familiar mensal de até três salários mínimos ou estar desempregado há mais de dois anos e ter renda inferior a dois salários mínimos e estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. 

Veja mais informações no banner CNH Social do site www.detran.rs.gov.br.  

Palavras-chave:

CNH Social

detran

Estado

Grupo ON Comunicação
Acompanhe aqui as notícias mais recentes sobre política, economia, esportes, moda, cultura, blogs de Passo Fundo e Região.