PUBLICIDADE

Geral


Vacinação contra o HPV é intensificada

Publicada em: 11/10/2018 - 14:00, por Redação ON

Cerca de 14 mil doses foram disponibilizadas para vacinar meninas e meninos

Vacinação contra o HPV é intensificada

No município, mais de três mil doses foram aplicadas

Crédito: Arquivo/ON

As doses de intensificação de vacinação para previnir contra o Papilomavírus Humano (HPV), estão disponíveis em todo Rio Grande do Sul. Os principais vírus são combatidos com duas doses da vacina. Em Passo Fundo, foram disponibilizadas 14 mil doses, para vacinar cerca de 7 mil crianças e adolescentes. Neste ano, foram aplicadas 3.027 doses.

 

Devem se vacinar meninas de 9 a 14 anos, e meninos de 11 a 14 anos. O intervalo entre a primeira e a segunda dose da vacina é de seis meses. Elas estão disponíveis durante o ano todo, nos 24 pontos de vacinação e são disponibilizadas gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

 

Existem mais de 150 tipos diferentes de HPV, dos quais 40 podem infectar a região genital e provocar cânceres. A preocupação é de que a procura ainda é considerada baixa. "No primeiro momento da implantação, nós tivemos uma grande adesão. Mas a comunidade levou muito em consideração o impacto da mídia, quando saíram informações errôneas sobre a vacina e de que ela poderia ser prejudicial. Mas na verdade, ocorreu uma crise de ansiedade pelo processo de vacinação e também por ter sido realizada no ambiente escolar. Os responsáveis ficaram então com medo de vacinar as crianças e tivemos uma baixa adesão. Mas é vacinação não causa sequelas, e é de extrema importância para prevenção",relata a coordenadora do Núcleo de Vigilância Epidemiológica, Raquel Schwaab Silva Carneiro.

 

O objetivo da mobilização é realizar a cobertura vacinal adequada dessas crianças e adolescentes para que futuramente não tenham infecções e possam reduzir a incidência de câncer, tanto em meninas, quanto meninos.

 

Meningcócica C
Introduzida este ano, a vacina Meningocócica Conjugada também está disponível na fase da adolescência, dos 11 aos 14 anos, para meninas e meninos. Para quem nunca fez, é uma dose única, que previne meningite e outras infecções. O município disponibilizou, aproximadamente, 6,19 mil doses. Destas já foram aplicadas 1.378.

 

Pontos de vacinação
Para poder facilitar o acesso dos responsáveis que procuram o atendimento, todas as 24 salas de vacinas do município estão aplicando as doses. Entre elas estão a Central de Vacinas, os Cais e as unidades menores dos bairros. É necessário levar o cartão do SUS, carteira de vacinação e a identidade. As unidades funcionam de segunda-feira a sexta-feira, nos dois turnos.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE



PUBLICIDADE