PUBLICIDADE

Geral


Áreas de instabilidade e chuva no fim de semana

Publicada em: 12/01/2019 - 06:00, por Redação ON

Em 11 dias já choveu 40% da média esperada para o mês de janeiro, segundo observador meteorológico

Áreas de instabilidade e chuva no fim de semana

Crédito: Arquivo/ON

O final de semana será marcado pela ação de pancadas de chuva que devem atingir Passo Fundo ao longo do sábado e no domingo. De acordo com o observador meteorológico da Embrapa Trigo, Ivegndonei Sampaio, o índice de chuvas registrado nas primeiras semanas do mês é estimado em 40% da média esperada para janeiro. "O estado está, desde dezembro, sob efeito do fenômeno El Niño e há uma frente fria estacionada, principalmente, na parte Sul. Isso provoca uma maior formação de nuvens e chuvas que deverão permanecer até o próximo final de semana", explica. Com um volume de chuva estimado em 60mm, as temperaturas mínimas oscilam entre 17 a 19°C, e as máximas atingem os 30°C. Segundo Sampaio, as pancadas de chuva chegam para amenizar a sensação de abafamento sentida no início das manhãs e durante a madrugada com a possibilidade de apresentar, também rajadas de vento.


Temporais provocam estragos no RS
Cidades da fronteira oeste do Rio Grande do Sul enfrentam um quadro de inundações e alagamento, resultado de temporais que chegaram a acumular 200 milímetros em 24 horas esta semana. O município de Alegrete deve decretar situação de emergência, de acordo com o prefeito Márcio Fonseca do Amaral. Municípios vizinhos como Santana do Livramento, Uruguaiana, São Borja e São Gabriel também foram fortemente afetados.


Aviso meteorológico divulgado pela Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura do Rio Grande do Sul alerta que, em função dos volumes de chuva dos últimos dias, o prognóstico é que os picos de cheia nos rios Ibirapuitã e Quaraí sejam atingidos na sexta (11), agravando a situação na região. O rio Ibirapuitã registra 13 metros acima do nível normal, o que fez com que a ponte que liga a zona leste à zona oeste de Alegrete fosse interditada desde o dia 10.


Apenas na saúde, os prejuízos de Alegre chegam a R$ 3 milhões, com uma unidade de pronto atendimento (UPA) fechada por conta dos alagamentos. Os pacientes foram transferidos para a Santa Casa de Caridade, único hospital do município.


Risco de temporais isolados no estado
A próxima semana permanecerá com muita umidade, calor e chuva forte na maior parte do Estado, de acordo com o Boletim Meteorológico Semanal da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural. No decorrer do sábado (12) e no domingo (13), a propagação de uma área da baixa pressão provocará chuva e trovoadas, com risco de temporais isolados. Na segunda (14), o calor e a umidade vão predominar, com possibilidade de pancadas de chuva a partir da tarde. Na terça (15) e quarta-feira (16), as temperaturas e a umidade permanecerão elevadas, o que favorecerá a ocorrência de pancadas de chuva, típicas de verão em todo o Rio Grande do Sul. Na quinta (17), o deslocamento de uma nova frente fria provocará chuva, com risco de temporais em todas as regiões.

PUBLICIDADE



PUBLICIDADE