Geral - Política

Publicada em: 21/08/2013 - 08:20 , por Cássia Paula Colla/ON

A A A

Cidades realizam o recadastramento biométrico

O não comparecimento no prazo determinado pode gerar o cancelamento do título eleitoral

Créditos: Divulgação
Cidades realizam o recadastramento biométrico

Está aberto o período para o recadastramento biométrico dos eleitores de Mato Castelhano e Ernestina. Conforme a chefe do cartório da zona eleitoral 128, Cristina Bohrer, os eleitores das duas cidades devem ficar atentos às datas, e comparecer ao cartório munidos de documentos de identificação pessoal, comprovante de residência e título eleitoral. O recadastramento é obrigatório e o não comparecimento dentro dos prazos previstos cancela automaticamente o título. Ela lembra que o recadastramento está acontecendo de forma gradativa em todo o país. Por isso, algumas cidades estão sendo selecionadas e possuem prazos para recadastrar todos os eleitores. O eleitor, mesmo não residindo nas cidades selecionadas para o procedimento pode realizar o recadastramento comparecendo até o cartório competente pela sua zona eleitoral com a documentação exigida. “A grande diferença emprega-se aos eleitores das cidades selecionadas, esses devem comparecer dentro do prazo determinado”, destaca. Cristina também ressalta que o cartório não pode se deslocar até a cidade, por isso, os eleitores devem se organizar e comparecer pessoalmente até o cartório. 

O processo pretende recadastrar 2.741 eleitores em Ernestina e cerca de 29% já compareceram. O período encerra em 30 de outubro. Já em Mato Castelhano, o período iniciou na última semana. Cerca de 0,12% do eleitorado compareceu e o esperado é recadastrar 2.611 eleitores. O período final para os moradores de Mato Castelhano encerra em dezembro. O município de Coxilha teve o processo encerrado em 30 de julho. O número inicial de eleitores atendidos era de 2.575. Um total de 385 títulos poderão ser cancelados, e apenas aguardam homologação do TRE. Os eleitores nessa situação deverão procurar o cartório com a mesma documentação solicitada para o recadastramento e regularizar a pendência. Os cancelamentos ainda não foram homologados, mas Passo Fundo e Pontão ainda não possui data definida para a população se recadastrar, contudo o eleitor com interesse pode passar pelo procedimento, sem abertura de prazo oficial.

A meta é recadastrar 100% dos eleitores das duas cidades dentro do período determinado pela justiça eleitoral. No Brasil, o objetivo é atingir 12,9 milhões de pessoas. De acordo com o site do Tribunal Superior Eleitoral, até agora cerca 3.998.295 pessoas foram recadastradas.

A matéria completa você confere nas edições impressa e digital de O Nacional.  Assine Já

Palavras-chave:

Ernestina

Mato Castelhano

Política

recadastramento biométrico

Grupo ON Comunicação
Acompanhe aqui as notícias mais recentes sobre política, economia, esportes, moda, cultura, blogs de Passo Fundo e Região.