PUBLICIDADE

Saúde


Sonho das Cinderelas do HSVP

Publicada em: 01/12/2018 - 15:00

Uma noite para ficar na memória

Sonho das Cinderelas do HSVP

Com auxílio de mais de 25 colaboradores, as meninas celebraram o momento

Crédito: Daniel Rohing/Especial

Tapete vermelho, rosas, flores, luzes e cores. Famílias ansiosas, olhos atentos ao palco. Atrás de uma cortina, “emolduradas em flores”, seis jovens com coração disparado, esperavam para fazer a entrada triunfal em uma noite mágica de realização de sonhos. Quando a música tocou e a cortina revelou Hellen Cristina Kuster Goppinger, Novo Xingú, Jéssica Sudré Wojnar, Passo Fundo, Maria Ester Machado, Passo Fundo, Stéfani Natacha Castro Silva da Silva, Passo Fundo, Vanessa Gabrieli Revers, Barão de Cotegipe e Victória Vargas Bortolini, de Barros Cassal, o salão nobre do Clube Recreativo Juvenil ficou tomado por uma luz que irradiava do rosto das seis jovens. Não teve quem não se arrepiou. O sonho das Cinderelas tornou-se realidade.


O sábado 24 de novembro, ficará para sempre marcado na memória e no coração de todos que participaram da segunda edição do Projeto Cinderela, realizado pelo Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) de Passo Fundo e por mais de 30 empresas e voluntários. O Projeto contempla jovens que realizam tratamento contra o câncer e que tem o sonho de ter uma festa de 15 anos. De vestidos à comida, tudo é preparado com muito carinho pelos voluntários, que de detalhe em detalhe constroem a festa dos sonhos e as meninas vivem um dia de princesa. “A festa das Cinderelas foi um encanto! Não temos palavras para agradecer a alegria e o entusiasmo no rostinho de cada menina! Penso que nossa missão foi cumprida! Obrigada a todos que participaram de alguma forma da realização desse sonho”, enaltece Janaína Reolon Biasi, psicóloga do Centro Oncológico Infantojuvenil, evidenciando ainda a importância da festa para o tratamento. “Elas resgatam autoestima, renovam as esperanças e ganham mais força para seguir batalhando”.

 

Realização na alegria do próximo
Em cada voluntário, era nítido a satisfação pelo trabalho realizado. A alegria das meninas tomou conta de todos e a gratidão foi o sentimento que brotou em todos. Realizamos todos os tipos de festa e eventos em nossos salões, mas sem dúvida esse Baile foi um dos mais especiais, que recebemos aqui. Esse dia ficará marcado para sempre na história do Clube Juvenil. Que honra ser sede desse projeto”, evidencia Juliana Vieira, Gerente de Marketing e Comunicação do Clube Juvenil.  Fada Madrinha das meninas, responsável pela confecção dos vestidos, Araci Ricci estava realizada com o resultado e feliz ao vê-las arrasando na festa. “É muito bom poder ajudá-las e ver como ficam felizes nesse momento. Quando o trabalho é para elas é muito gratificante, porque elas passam por tanta coisa e realizar esse sonho é muito especial”.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE



PUBLICIDADE