PUBLICIDADE

Saúde


Terapia assistida por animais

Publicada em: 29/07/2019 - 17:11

Um tratamento que vaio além de procedimentos e medicamentos

Terapia assistida por animais

Thor: pet terapeuta

Crédito: Álbum de família

Um momento de alegria no Hospital São Vicente de Paulo de Passo Fundo acontece na sala de descanso, onde são realizadas as sessões de Terapia Assistida por Animais, também conhecida como Pet Terapia. As sessões de Pet acontecem duas vezes por semana, com pacientes infantis e idosos, que estão internados há mais tempo, com indicação médica e multiprofissional para o tratamento. A atividade tem como objetivo o alívio da dor através de um momento lúdico e humanizado. Cada sessão tem duração aproximada de uma hora por paciente. Antes e depois da sessão os sinais vitais do paciente são aferidos e registrados. Os residentes multiprofissionais explicam que os pet terapeutas são animais de estimação, normalmente um cachorro, mas pode ser um porquinho da índia, papagaio, gato ou coelho, que após ser indicado pelo tutor, passa por uma avaliação comportamental realizada pelos médicos veterinários e por uma série de exames que atestam sua saúde “Os terapeutas são acompanhados durante todas as sessões pelos veterinários”, esclarecem, destacando que os  tutores, proprietários dos pets, voluntariam seus animais para serem terapeutas.
 
Thor
Assim como vários outros animais, Thor comparece bem limpo, de banho tomado, vacinado, com os exames veterinários em dia. Ele é o amigão do Dr. Guilherme Krahl, cirurgião cardíaco no HSVP. Thor é pet terapeuta e atende os pacientes no Hospital São Vicente duas vezes por semana. Thor comparece bem limpo, de banho tomado, vacinado, com os exames veterinários em dia. “Com seu super crachá, ele vai para o hospital e lá corre, brinca, dá atenção, pega a bolinha e não devolve, e recebe muito carinho dos pacientes. Como ficar melhor? Não sei, acho que todos adoram, meus filhos e minha esposa, que é veterinária, a equipe de veterinários do Hospital Veterinário da UPF, os funcionários do HSVP e os pacientes. Mas, fica melhor sim, Thor adora ir lá e volta todo orgulhoso sabendo que ganhou muito carinho daqueles que precisam tanto do mesmo”, conta carinhosamente o cirurgião.
(Matéria completa no Caderno Medicina & Saúde)
 

Palavras-chave:

#Pet terapia #HSVP

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE



PUBLICIDADE