PUBLICIDADE

Saúde


Ruptura de aneurisma pode levar a morte em 90% dos casos

Publicada em: 19/01/2014 - 13:45

Medicina & Saúde - Apesar da causa exata ser desconhecida, existem fatores de risco que ajudam a desencadear a doença.

Ruptura de aneurisma pode levar a morte em 90% dos casos

Crédito: Divulgação

A aorta é a artéria mais importante do corpo humano. Conectada ao coração, ela desce ao lado da coluna, distribuindo sangue oxigenado para todos os órgãos. Quando a parede da aorta se dilata e o problema não é detectado, existe o risco de ruptura. O paciente sofre uma hemorragia interna e é levado a óbito na maioria dos casos. Esta patologia pode acometer qualquer pessoa, contudo os homens com idade acima dos 60 anos são as principais vítimas.

Apesar da causa exata ser desconhecida, existem fatores de risco que ajudam a desencadear a doença. Entre eles estão o tabagismo, pressão e colesterol altos, enfisema, obesidade, além de predisposição genética. De acordo com o radiologista Cláudio Campi de Castro de São Paulo, a patologia é frequentemente silenciosa e não apresenta sintomas, o que pode dificultar a identificação do problema.

"Os casos de aneurisma abdominal podem ser detectados pelo paciente de forma repentina, após o rompimento do aneurisma. Se diagnosticado precocemente, o aneurisma pode ser facilmente tratado. Para se evitar que o problema seja identificado tarde demais é importante que o paciente que se enquadre no grupo de risco realize o check-up de acordo com a orientação do especialista", esclarece Campi.

Por não apresentar sintomas, no máximo um desconforto abdominal apenas nos pacientes magros, a aneurisma da aorta abdominal é diagnosticada na maioria dos casos durante exames de rotinas. Já quando a aorta é rompida, o paciente passa a sentir náuseas, vômitos, a pele se torna úmida e fria, a frequência cardíaca acelerada, além das dores no abdome e nas costas, podendo irradiar para virilha, nádegas ou pernas.

Para diminuir o risco da doença é importante manter uma dieta saudável, exercitar-se e levar uma vida tranquila. No caso dos fumantes, é importante abandonar o vício. Homens com idade acima de 60 anos, que fumaram por longo período da vida devem realizar exame de ultrassom, assim como os pacientes que tiveram casos da aneurisma da aorta abdominal na família devem realizar os exames solicitados pelo médico anualmente.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE



PUBLICIDADE