Flávio Bolsonaro diz que prisão de Queiroz aconteceu para atacar o presidente

Senador se manifestou nas redes sociais

Por
· 1 min de leitura
Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal
Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal
Você prefere ouvir essa matéria?

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) disse que a prisão do ex-assessor, Fabrício Queiroz, realizada na manhã desta quinta-feira (18) aconteceu para atacar o presidente Jair Bolsonaro. 

Filho mais velho do mandatário brasileiro, Flávio se manifestou em uma conta que mantém na rede social Twitter. "Encaro com tranquilidade os acontecimentos de hoje. A verdade prevalecerá! Mais uma peça foi movimentada no tabuleiro para atacar Bolsonaro", disse o político. 

Image title

Foto: Reprodução/Twitter


A ação desencadeada pela Polícia Civil de São Paulo faz parte da Operação Anjo, que cumpre ainda outras medidas cautelares autorizadas pela Justiça, relacionadas ao inquérito que investiga a chamada rachadinha, em que servidores da Assembleia Legislativa do Estado (Alerj) devolveriam parte dos seus vencimentos ao então deputado estadual Flávio Bolsonaro. "Em 16 anos como deputado no Rio nunca houve uma vírgula contra mim.Bastou o Presidente Bolsonaro se eleger para mudar tudo! O jogo é bruto!", prosseguiu o senador. 


Gostou? Compartilhe