Pedro Parente pede demissão da Petrobrás

Presidente da estatal estava no cargo há dois anos

Escrito por
,
em
Parente comandou a Petrobrás desde 2016

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Nesta sexta-feira pela manhã, o presidente da Petrobras, Pedro Parente, pediu demissão. Ele estava no cargo há exatos dois anos, pois assumiu em 1º de junho de 2016. A Petrobrás, através de um comunicado, informou que um CEO interino deverá ser nomeado para o comando da empresa. Em sua carta de demissão, Pedro Parente destacou que “a poucos brasileiros foi dada a honra de presidir a Petrobras. Tenho plena consciência disso e sou muito grato a que, por um período de dois anos, essa honra única me tenha sido conferida”.

Gostou? Compartilhe