O BRDE NO ESFOR??O COLETIVO CONTRA O CORONAVÍRUS

Com tais medidas, que serão alvo de detalhamento técnico nos próximos dias, buscamos atender à clara determinação dos três governadores

Por
· 2 min de leitura
Crédito:

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Há quase 60 anos, o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul – BRDE está ao lado das pessoas, empresas, instituições e governos que promovem o desenvolvimento socioeconômico nos três estados da Região Sul: Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Neste momento de dificuldades extremas, trabalhamos com o objetivo de garantir todo o apoio para salvaguardar não apenas a economia, mas, fundamentalmente, a vida e o bem-estar coletivos em nossa região.
Nesse sentido, informamos que:
O BRDE instituiu um Plano de Contingência para sua operação diuturna, a fim de proteger a saúde de seus funcionários, os quais estão, em sua maioria, trabalhando na modalidade “home office”;
Disponibilizaremos montante de cerca de R$ 1,3 bilhão, até o final de 2020, para atender às necessidades emergenciais de nossos clientes, notadamente as micro, pequenas e médias empresas e os empreendedores individuais, bem como as municipalidades;
As operações de crédito rural receberão o tratamento que vier a ser estabelecido pelo Governo Federal através do Conselho Monetário Nacional, assim como as operações realizadas ao amparo do Programa de Sustentação do Investimento – PSI, considerando que ambos dependem de legislação específica, não se aplicando as medidas emergenciais divulgadas pelo BNDES;
Também estamos em contato intenso e permanente com nossos provedores de fundings, nacionais e internacionais, a fim de viabilizar a postergação dos pagamentos devidos, com o intuito de repassar essas vantagens aos mutuários do BRDE;
Da mesma forma, negociamos, junto aos provedores de fundings, o aumento imediato dos limites de crédito, o que nos permitirá ampliar os recursos já disponíveis para financiamentos;
De modo urgente e célere, formatamos um programa emergencial para destinar crédito aos micro, pequenos e médios empreendedores dos setores mais atingidos por essa crise, como o turismo, economia criativa, prestação de serviços, alimentação, entre outros;
Em conjunto com as demais instituições de fomento, nacionais e internacionais, e de sua entidade associativa, a ABDE, o BRDE trabalha junto ao Governo Federal e Governos Estaduais do Sul, na criação de alternativas de Programas Emergenciais de Mitigação dos Efeitos do Coronavírus, tanto para redução dos efeitos na Saúde Pública como das consequências negativas sobre a já comprometida economia nacional;
Finalmente, incumbe informar que esses recursos se somarão aos R$ 900 milhões do Programa Promove Sul, lançado em janeiro de 2020, destinados à promoção do desenvolvimento sustentável, com uso de recursos próprios do BRDE.
Com tais medidas, que serão alvo de detalhamento técnico nos próximos dias, buscamos atender à clara determinação dos três governadores – do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e do Paraná – para, de forma integrada, solidária, célere e coerente, auxiliar nossos estados e seus cidadãos a vencer essa crise sem precedentes.
A todos os nossos clientes, pessoas físicas e jurídicas do setor produtivo e do setor público, prestamos solidariedade e permanente apoio. Juntos e de forma coordenada, estamos certos de que ultrapassaremos esse período e sairemos ainda mais fortes.

Marcelo Haendchen
Diretor Presidente (SC)
 
Luiz Corrêa Noronha
Vice-Presidente, Diretor Financeiro e
Diretor de Planejamento (RS)
 
Wilson Bley Lipski
Diretor de Operações (PR)
 
Luiz Carlos Borges da Silveira
Diretor Administrativo (PR)
 
Vladimir Arthur Fey
Diretor de Acompanhamento e
Recuperação de Créditos (SC)
Gostou? Compartilhe