Sol e chuvas isoladas marcam os próximos dias

Nos dez primeiros dias do mês de maio não há previsão de frio intenso no município; motoristas devem ficar atentos à formação de nevoeiro ao amanhecer

Por
· 2 min de leitura
Chuva deve ser mais intensa no final de semanaChuva deve ser mais intensa no final de semana
Chuva deve ser mais intensa no final de semana
Você prefere ouvir essa matéria?

O mês de maio deve iniciar com chuva em todo o Rio Grande do Sul. O ar frio e seco que chegou na noite do último domingo (28) no município, deve permanecer também durante os próximos dias, ocasionando uma amplitude térmica como a da última segunda-feira (29), na qual foi registrado a temperatura mínima mais baixa do ano, 8ºC pela manhã, elevando para 23ºC à tarde. Para quem não gosta do clima mais gelado, a boa notícia é que não está previsto frio intenso nos 10 primeiros dias de maio. Neste mesmo período, talvez só tenham três dias de tempo bom, afirma o observador metereológico da Embrapa Trigo, Ivegdonei Sampaio.

 

Nesta quarta-feira de feriado (1º), devido ao aumento da nebulosidade, o dia deve passar de nublado a encoberto, podendo ocorrer pancadas de chuva, de passagem rápida, no período da tarde ou à noite. A mínima deve ficar em torno de 12ºC e a máxima em 24ºC. Na quinta-feira (02), o dia já fica parcialmente nublado, também com possibilidade de pancadas de chuva. As temperaturas devem ficar amenas, mínima de 14ºC e máxima de 23ºC. A chuva deve vir com mais força no primeiro final de semana do mês, principalmente na sexta-feira (03) à noite, persistindo no sábado (04) e no domingo (05). As temperaturas ficam entre 14ºC e 24ºC.

 

Apesar da força, as chuvas não devem ser como ocorreu no último domingo (28), onde foi registrado 36mm. A expectativa é que a média de chuva para o mês de maio permaneça de dentro a um pouco acima da média de 114mm. Assim como o mês de abril, que fechou 107mm, apenas 7mm além do esperado. “O que vai ocorrer são pancadas de chuva, por vezes forte. Pode aparecer trovoada no sábado e no domingo”, ressalta Sampaio. O final de abril e início de maio tiveram características de outuno - a formação de nevoeiro ao amanhecer deve ser frequente nos próximos dias. “O nevoeiro é um fenômeno que exige cuidado, principalmente nas estradas, porque às vezes ele diminui quase a zero a visibilidade horizontal.”

 

O prognóstico Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) reforça que a temperatura da superfície do mar caracteriza para os próximos meses o El Niño fraco, já que a chuva tente a permanecer de dentro a um pouco acima da média. As temperaturas indicam também que o final de outuno e o início do inverno será dentro das características, sendo que o mês de julho pode ser mais frio que o mês de junho.

 

Como fica o tempo em todo Estado

O boletim meteorológico emitido nesta terça-feira (30) pela Sala de Situação da Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema) destaca que depois de um amanhecer com neblina em toda a faixa leste, o sol vai predominar ao longo do dia. Nas demais regiões do Estado, o dia já começou com sol. As temperaturas devem subir rapidamente.

Nesta quarta-feira (1º), uma nova área de baixa pressão atmosférica no Paraguai volta a favorecer pancadas de chuva que podem ter intensidade forte, mas de maneira muito isolada e rápida entre o norte e nordeste gaúcho. Também pode chover em todo o litoral do Rio Grande do Sul, devido aos ventos úmidos que sopram do mar. No restante do Estado haverá sol com variação de nuvens.

Na quinta-feira (02), o dia pode começar com nevoeiros e temperaturas baixas. Em seguida o sol predomina elevando os termômetros e a sensação de calor pode retornar durante a tarde. No final de semana as instabilidades voltam a dominar o tempo pelo Estado.

 

Gostou? Compartilhe