Regras rígidas para retomada de atividades econômicas

Medidas só serão válidas caso Passo Fundo mantenha a bandeira laranja

Por
· 1 min de leitura
Foto - LC Schneider-ONFoto - LC Schneider-ON
Foto - LC Schneider-ON
Você prefere ouvir essa matéria?

A Prefeitura de Passo Fundo decidiu adiar o calendário de retomada das atividades econômicas, em função dos novos óbitos e do número de casos confirmados do novo coronavírus na cidade. Foram divulgadas novas datas para alguns setores nesta quarta-feira. O calendário apresentado pela Prefeitura será submetido nesta sexta-feira ao Comitê de Orientações Emergenciais (COE), composto por especialistas da área médica, hospitais, Faculdades de Medicina, Ministério Público e Conselho Municipal de Saúde. “Temos feito de tudo para preservar a vida em primeiro lugar, mas também levamos em consideração os aspectos econômicos para que algumas atividades possam ser retomadas com o mínimo de normalidade. O momento é de sacrifícios e precisamos de serenidade e da compreensão de todos”, afirmou o prefeito Luciano Azevedo.

Serviços

Academias, imobiliárias, escritórios e profissionais liberais, que abririam a partir de amanhã, poderão retomar seu funcionamento na segunda-feira (18), caso seja mantida a classificação de bandeira laranja para Passo Fundo. A Prefeitura irá divulgar as regras para essas atividades no final da tarde de sábado, depois do anúncio do governo do Estado sobre o plano de distanciamento.

Restaurantes

Os restaurantes (a la carte) e a Feira do Produtor poderão voltar a atender o público a partir do dia 25 de maio, caso Passo Fundo se mantenha na bandeira laranja.

Shoppings

Shopping Centers e centros comerciais poderão abrir a partir do dia 1 de junho, também dependendo da classificação da cidade no plano do Estado de distanciamento controlado.

Gostou? Compartilhe