20 anos da Feira Ecológica da Coonalter

Atividades especiais foram realizadas na manhã de sábado e também acontecerão nesta terça-feira (22), na Feira Ecológica da UPF, e integram a Semana dos Alimentos Orgânicos

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?
A Universidade de Passo Fundo (UPF), por meio dos programas e projetos de extensão, ligados à Vice-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários (VREAC), realiza ações comemorativas aos 20 anos da Feira Ecológica da Cooperativa Mista e de Trabalho Alternativa Ltda (Coonalter). No sábado, atividades especiais foram realizadas pela UPF na Praça Irmã Maria Catarina, na Avenida Brasil, local onde a feira é realizada aos sábados pela manhã. A atividade, que terá continuidade nesta terça-feira (22), no Campus I, integra ainda a Semana dos Alimentos Orgânicos.
 
A programação incluiu ações na área da saúde, envolvendo o Núcleo de Estudos em Agroecologia (NEA), o projeto Boas Práticas, a Residência Multiprofissional Integrada e o curso de Nutrição. Nesta terça-feira (22), das 10h às 15h, em frente ao Centro de Convivência, no Campus I, além da Feira Ecológica, acontece a oficina de Preparação de microrganismos eficientes; produção de brotos germinados; escolhas de PANCs para sucos verdes, manuseando o saber – NEA; Exposição itinerante de sementes, plantas medicinais, alimentos e produtos orgânicos – NEA; Exposição Arte e Alimentação – Projeto Boas Práticas/Cejume; e ação de sensibilização sobre alimentação: dicas de saúde e distribuição de sal de ervas – Curso de Nutrição/Projeto Promovendo Saúde e Qualidade de Vida.
 
Sobre a Feira
O anseio de agricultores por trabalharem a terra de maneira sustentável na produção de alimento saudável e orgânico constitui papel fundamental na gênese da Feira Ecológica. A partir disso, a venda desses alimentos aos consumidores na praça foi uma consequência, articulada a um processo de discussão por meio de seminários, fóruns, debates, reuniões a fim de analisar o contexto em que a agricultura familiar se encontrava e buscar estratégias de fortalecimento dessa proposta. 
 
Fazem parte dessa história as famílias dos feirantes, as entidades parceiras, as articulações com as políticas públicas, pessoas afins e também os consumidores/comunidade.  A primeira Feira ocorreu no dia 4 de abril de 1998, tendo como local de realização a Praça da Mãe, no centro de Passo Fundo. Atualmente, a Feira Ecológica está situada junto à Praça Irmã Maria Catarina, e conta com oito bancas, sendo os seus agricultores feirantes provenientes dos municípios de Carazinho, Casca, Santo Antônio do Palma, São Domingos do Sul, São João da Urtiga, Três Arroios e Vila Maria. 
 
A Feira Ecológica é promovida pela Cooperativa Mista e de Trabalho Alternativa Ltda (Coonalter), que congrega os associados e articula diversas ações, como, por exemplo, a realização semanal da Feira, as entregas de alimentos por meios de programas vinculados a políticas públicas, como o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) atendendo as demandas da merenda escolar e o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) para entidades assistenciais. Os produtos comercializados na Feira Ecológica são certificados pela Rede Ecovida de Agroecologia, a fim de cumprir os requisitos legais e de confiabilidade acerca da produção orgânica.  Essa rede é formada por grupos de agricultores da região sul do Brasil, com o intuito de promover a agroecologia e a certificação a um custo viável.
Gostou? Compartilhe