Aberto cadastro para profissionais e equipamentos de cultura

Escrito por
,
em
Divulgação/ON

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

A Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura de Passo Fundo, com participação do Conselho Municipal de Cultura, iniciou na semana passada o cadastramento para a coleta de dados  de artistas, profissionais e equipamentos de arte e cultura da cidade. A iniciativa faz parte de uma das etapas da atualização do Sistema Municipal de Informações e Indicadores  Culturais (SMIIC), com a finalidade de gerar informações e estatísticas da realidade cultural local com cadastros e indicadores a partir dos dados coletados. 

Para o secretário de Cultura, Henrique Fonseca, “o poder público municipal deve apoiar os artistas e produtores culturais atuantes no município, abrangendo toda a produção nos campos das culturas populares, eruditas e da indústria cultural. Assim, com a participação da sociedade, planejar e fomentar políticas públicas de cultura, estabelecer condições para o desenvolvimento da economia da cultura e também estar adequado ao Sistema Nacional. A atualização do cadastro possibilita o mapeamento desses artistas e instituições na cidade, promovendo a aproximação entre eles e o poder público”, destacou. 

O cadastro é uma ferramenta de atualização de dados artísticos e culturais numa plataforma de transparência e faz parte do Sistema Municipal de Cultura de Passo Fundo, instrumento de articulação, gestão, fomento e promoção de políticas públicas previstos  na atualização da lei municipal nº 5.

Como contribuir

Para mapear a diversidade cultural de Passo Fundo e atualizá-la constantemente,  a Secretaria de Cultura precisa coletar o máximo de informações sobre agentes , espaços e trabalhadores da Arte e Cultura. Esta é uma das metas estabelecidas na construção do Plano Municipal de Cultura em 2016 e revisada na conferência do ano passado.  

Gostou? Compartilhe