Arnold Schwarzenegger

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Uma das tantas vezes que fui buscar auxílio ao amigo Valmor Valendorf teve uma situação inesperada. Ele era zelador do cemitério e precisávamos orientação para o sepultamento. Os meus conhecidos aflitos, tristes e nervosos pela falta de alvará e uma discordância do local.


Eu disse daqui a pouco chega o zelador, ele vai resolver isto.


Valmor chegou com a moto toda estilosa, roupa preta, botas e jaqueta de couro preta e seu óculos de sol. Estacionou, ajeitou a jaqueta e desceu.


Eu quando lhe avistei disse: “tá aí o homem que vai nos ajudar”. A filha do falecido, num misto de tristeza, nervosismo e sarcasmo falou “Meu Deus estamos na mão do Arnold Schwarzenegger”. Valmor chegou, ouviu e como sempre resolveu. Amigo, um forte abraço e daqui vários anos haveremos de nos ver e contar nossos causos.

 

Júlio Rosa
Na semana que passou completou seis anos do falecimento do meu amigo Júlio Rosa, pai e avô de grandes amigos, desta família que admiro e respeito. Eu poderia aqui contar inúmeras deste meu amigo, mas vou contar uma passagem na Rádio Uirapuru que foi sensacional.

 

Júlio Rosa II
Queríamos dois quebra-molas na RS 324, para evitarmos os acidentes e mortes no acesso da Vila Xangrilá. Junto com companheiros fechamos a rodovia e deitamos no asfalto. Vieram imprensa, DAER, polícia e curiosos. Eu disse que só aceitaria negociar se o Júlio garantisse a construção dos dois quebra-molas. Júlio que tinha uma paciência com meus assuntos, ouvia, dava aquelas gargalhadas gostosas e dizia “Saulzinho pare homem, que você vai ter um infarto”.

 

Júlio Rosa III
Júlio não foi ao local, mas na rádio disse que confiava no DAER e que eu levantasse do asfalto e fosse trabalhar. Deu uma enorme gargalhada e disse “Esse Saul dá um trabalho, deve estar com as costas em lascas”. Júlio, quero te dizer o que disse para você em vida, meu muito obrigado pela tua amizade e apoio na minha vida comunitária.

 

Hemopasso
O nosso Hemopasso atende 147 municípios e 46 hospitais, sendo que hoje apenas está aberto pela consciência do Prefeito Luciano Azevedo, de Passo Fundo. Queria saber o porque os outros Prefeitos não se mobilizam para também viabilizar as doações de sangue, uma vez que o Estado que deveria manter não o faz e se facilitar fecha.

 

Hemopasso II
Hoje temos capacidade para 80 doadores por dia e recebemos 50 doações, sendo que desta apenas dez são de Passo Fundo. Não tem sido raro buscarmos sangue em outras regiões e contarmos com a boa vontade de outros municípios de outras regiões. Precisamos além de organizar a manutenção financeira do Hemopasso, organizarmos campanhas permanentes de doadores.

 

Saúde
Outra questão importante é com certeza o financiamento da saúde no município. A União congelou os investimentos por duas décadas na gestão Temer e o Estado ainda deve verbas para Passo Fundo do custeio que não são de responsabilidade do município.

 

Saúde II
Vejo críticas quanto ao Hospital Municipal e críticas duras quanto a gestão daquela autarquia. Queria apenas destacar que, a falta de médicos e estrutura é antiga, mas diferente de outros momentos, agora o Hospital tem alvará sanitário, pois em 2013 foi entregue sem ao menos autorização de funcionamento.

 

Saúde III
Outra questão importante é que hoje temos R$ 8 milhões de investimentos no Hospital e em franco andamento. Temos sim que criticar e buscar soluções, mas não existe inércia da atual gestão municipal no que se referem a atitudes de investimento em estrutura e até mesmo preparando o Hospital para receber profissionais formados.

 

Médicos
Espero que seja resolvida esta questão, mas com certeza se fosse fácil já estaríamos sem estes problemas aqui em Passo Fundo e tantos outros municípios do Brasil. Quanto às minhas críticas em atitudes de gestores, mantenho, pois sei muito bem do que falo e sei também que uma pitada de boa vontade, humildade e diálogo resolve muitas coisas.

 

Vésperas de eleição
Sempre foi e sempre será assim, em épocas de eleição o pessoal resgata pautas e faz discursos. Passa o pleito guardam as pautas nas gavetas e o povo fica esperando como se pudessem esperar.

 

Crescimento
Eu fico boquiaberto de ver pessoas indignadas com a notícia que se Passo Fundo poderá ser a 5ª economia no Estado. Quem diz isto é o IBGE e os números. Conquistas de todos nós e com certeza da Administração Municipal, na gestão do Luciano Azevedo e Airton Dipp. O próprio Luciano admite isto em suas falas, mas desconhecer que temos hoje uma crise econômica que não tínhamos há dez anos atrás é simplesmente não olhar as realidades com olhos de imparcialidade. O pulso firme do Prefeito Luciano fez e faz com que a cidade continue a crescer, mesmo em épocas de crise. No primeiro trimestre deste ano a receita caiu R$ 12 milhões e isto ocorreu em todo o Brasil, mas aqui diferente de outras cidades seguimos com a união do gestor, empresários e trabalhadores. Graças a Deus tem mais gente querendo que Passo Fundo vença do que os pessimistas que torcem para tudo dar errado.

Gostou? Compartilhe