Ato marca homenagem ao responsável por doação da área ao município

No último sábado (17), Prefeitura de Passo Fundo realizou ato que denomina de Esplanada Engenheiro Paulo Nunes Leal o espaço do Parque da Gare

Escrito por
,
em
Doação da área aconteceu ainda nos anos 80

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

O projeto de revitalização do Parque da Gare realizado pela Prefeitura de Passo Fundo mudou a conexão entre a população e a cidade, tornando a Gare um patrimônio histórico e cultural. A construção do Parque só foi possível porque, nos anos 80, o município recebeu a doação da área através de esforços de Paulo Nunes Leal, que foi coronel do Exército Brasileiro, engenheiro militar e político brasileiro. Nesse sábado (17), em homenagem a Paulo, a Prefeitura realizou um ato que denomina de Esplanada Engenheiro Paulo Nunes Leal o espaço do Parque da Gare localizado em frente à antiga viação férrea, com base na lei municipal 5.297 de 2017, de autoria do vereador Pedro Daneli.

A doação aconteceu ainda nos anos 80, durante o governo do então prefeito Fernando Machado Carrion, entre 1983 e 1988. “Hoje é um dia de gratidão. Em 84, quando nossos caminhos se cruzaram, Paulo era presidente da Rede Ferroviária. E foi naquele momento que tive a oportunidade de resolver uma pendência de mais de 30 anos, que era devolver a Passo Fundo o crédito dado à rede com traçados que cortaram ruas da cidade e as deixaram sepultadas. Foi assim que o município ganhou o terreno que hoje é o Parque da Gare, este espaço majestoso”, explica Carrion.

O ex-prefeito também ressaltou as obras recentes realizadas no Parque pela gestão de Luciano. “Desde que a área passou a ser do município eu e muitos outros prefeitos fizemos muitas coisas aqui, mas foi Luciano que deu o empurrão final e nos entregou essa bela obra, transformando o Parque”, finaliza. Para o prefeito Luciano Azevedo, a homenagem é justa. “A gratidão é a memória do coração. E esse é o momento da comunidade agradecer a família do engenheiro Paulo e sua memória e ao grande prefeito que Passo Fundo já teve, Fernando Machado Carrion. É por eles que hoje temos este espaço público que é referência na metade Norte do RS”, afirma Luciano.

Paulo Nunes Leal nasceu em 1 de julho de 1916 e faleceu em 27 de abril de 2003. Seu filho, Rodrigo Nunes Leal, acompanhou a homenagem. Segundo ele, é emocionante que, depois de tantos anos, seu pai ainda seja lembrado. “É uma emoção muito grande para nossa família e uma grata surpresa, principalmente, por voltar a Passo Fundo e ver seu desenvolvimento. Fica aqui um momento inesquecível para nós”, observa Rodrigo. Participaram também do ato o deputado estadual, Juliano Roso, e o político Victor Faccioni, que já foi deputado e conselheiro do Tribunal de Contas, além de autoridades locais e comunidade.

Relacionadas

Gostou? Compartilhe