Caminhoneiros

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

A paralisação dos caminhoneiros é a demonstração de indignação do Brasil, de um povo que cansa de pagar a conta e principalmente de empresários que pagam altas taxas de impostos e, do outro lado, trabalhadores que atônitos são obrigados a conviverem com as falas de governos sobre os excessos de direitos trabalhistas.

 

Caminhoneiros II
A pauta não é apenas o diesel, estradas ou preço do frete. A indignação é a falta de vagas nas escolas, leitos nos hospitais, atualização da tabela do imposto de renda, corrupção, privilégios corporativistas e muitas outras distorções que colocam o Brasil em um dos países mais ricos e, ao mesmo tempo, mais pobres no mundo.

 

Caminhoneiros III
Claro que devemos olhar para as consequências que a paralisação tem e as entidades de classe estão articulando que os prejuízos sejam evitados em serviços essenciais. Isto é indispensável para que a paralisação cumpra seus objetivos, mas ao mesmo tempo respeite a força econômica que vários setores possuem.

 

Caminhoneiros IV
Os problemas apontados pela classe de caminhoneiros não são apenas deste governo e sim de várias décadas, onde o governo paga a conta da corrupção e incompetência com altas taxas de impostos. Apoiar esta paralisação é apoiar um Brasil com menos cargas tributárias.

 

Eleições
Agora aparecem os salvadores de pátria e aqueles que falam o que desejam ouvir. Cuidado amigos, não existe salvador da pátria e nem mesmo um homem que salvará o Estado e o Brasil. Devemos urgentemente exigir um plano de Governo, que independente de quem governará Estado ou Brasil deverá exercer. Plano de Governo e não de partido, pois o Rio Grande do Sul sofre hoje, por mais de quarenta anos de desmandos e gastos a mais do que se arrecadou.

 

Estado menor
Precisamos sim olhar para um Estado menor, pois hoje a relação de custo dos serviços prestados pelo Estado e o mesmo serviço pela iniciativa privada, é estarrecedor. Discutir isto é querer que efetivamente as coisas se resolvam. Olhamos para os países com Estado inchado, vemos carga tributária alta e se formos para países que as prioridades do Estado são saúde, educação e segurança o povo é bem atendido. Este debate deve ser feito sim. Demagogia com números fictícios no Estado é inadmissível. Não é permitido mais.


Brigada
Brigada Militar na rua, fazendo barreira, prendendo ladrões e estabelecendo ordem. Isto que queremos e esperamos de uma instituição centenária. Viva a Brigada Militar e parabéns ao comandante Ceolin e sua equipe.

 

Rafael Colussi
No grande Expediente abordou a defesa dos animais em seu mandato. Rafael tem tido ações das mais variadas a favor das pessoas, mas não esqueceu a bandeira de sua campanha. Grande parte do abandono dos animais se dão por falta de politicas públicas efetivas, mas também por causa de algumas pessoas que abandonam os animais na rua. Triste, mas agora com certeza tema debatido nas mais várias reuniões da Câmara de Vereadores sob o comando do colega Rafael Colussi.

 

Boqueirão
Segue o planejamento desta região pela força viva das lideranças empresariais e comunitárias. Parabéns pela união amigos e pela valorização da Brigada Militar neste planejamento.

 

Orlei Borges
Faleceu no final de semana, meu amigo e compadre Orlei Ramos Borges. Figura que aprendi a respeitar nas últimas duas décadas. Orlei fez muito por nossa cidade e fez muitos amigos. No Boqueirão, entre ações importantes, foi à construção do Posto Policial. Na UAMPAF a efetiva unificação das eleições das associações de moradores e ainda organização do Conselho Deliberativo. Na classe dos inativos da Brigada Militar, Sargento Orlei foi defensor da classe e não passou em vão na sua vida. Deixa lições, exemplos e saudades.

 

Lazer
Com o Prefeito Luciano Azevedo e sua equipe, estamos na luta para áreas de lazer na comunidade do Secchi e Integração. Áreas importantes junto à Avenida Brasil, na Xangrilá, que hoje possuem árvores plantadas com a participação das pessoas no grande Integração e ainda na Secchi onde a própria comunidade conserva as áreas verdes há mais de trinta anos.

Gostou? Compartilhe