Cidade educadora

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Cidade educadora
A importância do Fórum Municipal de Educação de Getúlio Vargas, que ocorreu pela primeira vez no ano de 1995 pode ser medida por sua longevidade.  Na terceira edição o evento educacional passou a ter abrangência regional. No ano seguinte era incorporado a eles o Fórum Nacional de Educação. Ao longo deste período cinco prefeitos, contando o atual, governaram o município, dois deles reeleitos. As temáticas em cada um deles, incluindo a edição deste ano, os palestrantes, conferencistas, e as oficinas, conferem ao mesmo um grau de excelências.
I I
Desde a noite de terça-feira (09) até o encerramento do Fórum na tarde de sexta-feira (12), centenas de professores participaram do XXIV Fórum Municipal de Educação, XXI Fórum Regional de Educação, e do XX Fórum Nacional de Educação. O tema “Entre saberes e fazeres, a tecnologia: diálogos com a cultura digital” não poderia ser mais atual. Como nos anos anteriores ele foi realizado no Auditório da Faculdade Ideau, que juntamente com a Universidade Regional Integrada (Uri) é parceira. A conferência com Tiago Link, aberta a comunidade, reuniu mais de 500 pessoas na terceira noite.
I I I
 
Para a Secretaria Municipal de Educação, promotora do evento, fica a certeza que na manhã desta segunda-feira os professores vão retornar para as salas de aula muito mais preparadas e inspiradas para o ofício de educar. A edição de 2019 reforça ainda mais a imagem do município de Getúlio Vargas como cidade educadora. Gerações de professores receberam formação na Escola Normal Santa Clara, das Irmãs Franciscanas de Maria Auxiliadora.  A tradição vem sendo mantida pela Faculdade Ideau através dos cursos de licenciatura oferecidos.
 
Curtas:
# Todos os vereadores da Câmara de Sertão foram signatários do Projeto de Lei número 005/2019.
# Ele proíbe o manuseio, a utilização, a queima e a soltura de fogos de estampidos e de artifícios.
# A iniciativa dos integrantes da casa legislativa presidida pelo vereador Olavo Albuquerque (PDT) deverá colocar Sertão no seleto grupo de municípios do RS que deram fim a esta prática.
# Em Getúlio Vargas a Lei nº 5.505, que proíbe a utilização de fogos, está fixada no mural da Prefeitura Municipal desde o início de abril.
# No prazo de 90 dias os munícipes e o Poder Público deverão se adequar a legislação, que acaba com a prática de uso de artefatos como foguetes e rojões, entre outros.
# A autoria do projeto foi do vereador Paulo Borgmann (PP), presidente  da Câmara local. 
# O vereador Dinarte Farias (PP) teve aprovado na sessão de quinta-feira (11) moção de apoio ao Governo do Estado para a convocação dos candidatos aprovados no último concurso para Bombeiro Militar.
# Na mesma sessão a vereadora Deliane Assunção Ponzi (MDB) apresentou pedido de informação sobre quais proibições ambientais estão sendo observadas para que não haja a dedetização na cidade de Getúlio Vargas.
Dito & Feito:
O município de Erebango completou na quinta-feira (11) seu 31º aniversário de emancipação. Na semana passada o prefeito Valmor Tomazini (PPS) divulgou uma nota a imprensa informando que os R$ 25.000,00 que seriam utilizados para os eventos festivos foram repassados para a Secretaria da Saúde. 

 

Gostou? Compartilhe