Comércio se prepara para a Black Friday

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Os comerciantes já estão se preparando para mais uma edição da Black Friday, uma promoção que foi inaugurada no Brasil em 2010. Ela ocorre sempre na última sexta-feira de novembro. Os órgãos de proteção dos consumidores já alertam a população brasileira para acompanhar a evolução dos preços dos produtos desde já, o que pode garantir a efetiva compra de produtos com descontos reais. Uma das preocupações dos Procons em relação a Black Friday está relacionada à maquiagem de preços. Outra dica para os consumidores é controlar a ansiedade e pesquisar preços, no mínimo, em três estabelecimentos diferentes.

 

Recall na BMW

Foi anunciado na Alemanha um recall de mais de um milhão de carros da montadora BMW. Segundo a montadora, foi detectado um problema no sistema de arrefecimento (resfriamento), que pode gerar incêndios nos veículos. Esse novo recall, que não envolve os casos dos motores a diesel manipulados, eleva a 1,6 milhão o total de carros da BMW com problemas. A empresa confirma que na Europa e Coreia do Sul, 30 carros pegaram fogo. No Brasil ainda não há informação oficial da BMW em relação a eventuais riscos nos produtos aqui comercializados.

 

O fim do tabelamento de preços dos medicamentos?

O Sindicato das Empresas Farmacêuticas (SISDUSFARMA) está defendendo o fim do controle de preços dos remédios. O pedido já foi encaminhado aos candidatos à presidência da República. Atualmente os preços de medicamentos são considerados baixos, justamente em razão da existência de uma tabela de preços, estabelecida desde 2002. Os dirigentes do setor, no entanto, entendem que esses patamares baixos acabam prejudicando o avanço de inovações e pesquisa no setor. Os farmacêuticos também reivindicam uma isenção mais ampla da tributação sobre remédios, especialmente em relação àqueles que não necessitam de prescrição médica.

 

Anvisa proíbe comercialização de medicamentos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a venda do Sibuterol pela internet como medicamento auxiliar na perda de peso. O produto não tem registro na Anvisa, contrariando uma regulamentação de que qualquer produto que diz ter ações terapêuticas é considerado medicamento e precisa de registro para ser fabricado e comercializado. A Anvisa também determinou a suspensão de dez produtos cosméticos fabricados pela Biotec Cosmésticos. A fabricante será obrigada a recolher do mercado os produtos notificados porque ainda não foram concluídos todos os ensaios microbiológicos exigidos para regulamentação.

Gostou? Compartilhe