Conhecer para preservar

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

O município de Quatro Irmãos é exemplo quando o assunto for preservação do Patrimônio Histórico Ex. Distrito de Erechim foi criado por força de lei em 16 de abril de 1996 parte dos 286 Km² foi desmembrado de Jacutinga. Com 1.672 habitantes, distribuídos na área urbana e rural, Quatro Irmão não possui acesso asfáltico, situação de pelo menos outros setenta municípios do RS. Para compensar as estradas que ligam sua sede a Erechim e Erebango estão em excelente estado de conservação.

 

I I

Sua origem remonta a Fazenda Quatro Irmãos e seus 92 mil hectares foram adquiridos no ano de 1909 pela Jewish Colonization Association – ICA. Dois anos após os primeiros imigrantes judeu, oriundos da Europa Oriental desembarcam na plataforma da Estação Erebango, referência para o empreendimento. Nas seis décadas seguintes o projeto teve avanços e recuos, e a produção agrícola e a extração da madeira impulsionou a economia. Quando em 1962 a ICA vendeu as últimas áreas, encerrando suas atividades, a triticultura já havia se consolidado.

 

I I I

O vínculo dos descendentes de judeus que trocaram Quatro Irmãos por outras cidades do RS e do Brasil se mantém. O antigo Hospital Leopoldo Cohen, construído no ano de 1932, foi preservado e tombado como Patrimônio Histórico Municipal. O mesmo com o Cemitério Judaico de Quatro Irmãos. Com o apoio do poder público, e coordenado pelo Instituto Cultural Judaico Marc Chagall, a Federação Israelita do RS consolidou o projeto que criou no local o Centro Cultural e o Memorial da Imigração Judaica.

 

I V

Conhecida como Cidade-Símbolo da Imigração Judaica no Brasil, Quatro Irmãos faz por merecer. Com frequência grupos de pessoas, inclusive do exterior, visitam o Memorial da Imigração e o Cemitério Judaico. Instalado no sobrado do Centro Cultural, o Memorial remete o visitante as primeiras décadas do século passado através dos painéis que reproduzem imagens, dados e textos cuidadosamente elucidativos. Além de auditório o mobiliário e equipamentos do antigo hospital é um atrativo aparte.

 

Curtas:

# Diferentemente das anteriores a campanha eleitoral em curso ainda está restrita a rádio, TV e redes sociais.

# Com exceção dos dirigentes partidários, vereadores e cabos eleitorais, os comitês de campanha, ao menos em Getúlio Vargas, estão às moscas.

# As tradicionais panfletagens pelas ruas e no comércio podem ser contadas nos dedos das mãos.

# Alguns candidatos a deputado estadual e federal estão utilizando o serviço prestado pelos Correios para distribuir o material impresso.

# Definitivamente a militância espontânea, que marcou a redemocratização brasileira a contar dos anos oitenta do século XX, ficou apenas na lembrança.

# Maior colégio eleitoral da região, Erechim continua sendo prioritário para a visita dos candidatos ao Palácio Piratini.

# Eduardo Leite (PSDB), ex. prefeito de Pelotas e candidato ao governo do Estado foi recebido na sexta-feira (21).

# Além de uma caminhada pelas ruas centrais da Capital da Amizade, o candidato tucano participou de um encontro com correligionários .

# O diretório municipal do PT de Erechim trabalha com a possibilidade da coordenação da campanha de Miguel Rossetto incluir a cidade no roteiro.

# Mateus Bandeira, candidato a governador pelo Partido Novo é aguardado em Erechim pelos correligionários nesta terça-feira (25).

 

Dito & Feito:

O prefeito Mário Luiz Ceron (PTB) esteve na semana que passou em Brasília com o objetivo de efetivar projetos em andamento para Ipiranga do Sul. Também tratou no Dnit e Ministério dos Transportes do processo de pavimentação da Transbrasiliana.

 

Gostou? Compartilhe