Conscientização sobre temática do trabalho infantil é desenvolvida com crianças

No dia 12 de junho diferentes entidades buscam alertar a sociedade em geral para a realidade do trabalho infantil

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Neste 12 de junho, Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, a conscientização para erradicação desse grave problema social foi desenvolvida com as crianças atendidas no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos do CRAS. Utilizando a temática “Criança tem direito a...”, os educadores sociais construíram maquetes com as crianças, onde desenvolveram o esclarecimento sobre o que é o trabalho infantil e também fizeram cartazes. Além dessa ação, as equipes da Secretaria de Cidadania e Assistência Social da Prefeitura de Passo Fundo distribuíram material informativo referente ano tema.

O Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil é uma data comemorativa criada pela Organização Internacional do Trabalho em 2002. No dia 12 de junho diferentes entidades buscam alertar a sociedade em geral para a realidade do trabalho infantil que continua acontecendo não só no Brasil, mas em vários outros países, do mundo.

Em Passo Fundo, as situações envolvendo trabalho infantil são encaminhadas para os Serviços de Média Complexidade (CREAS), pelo Conselho Tutelar, Ministério Público, Ministério do Trabalho e população. Quando a família é identificada uma equipe técnica passa a acompanhar a família e a intervir para eliminar a situação de trabalho infantil na família. As crianças ou adolescentes até 15 anos são acompanhadas pelo CREAS e inseridas no PAIF (Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família) no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, executado nos CRAS, através de atividades lúdicas, educativas, de socialização, buscando a prevenção e superação da situação de risco.

Gostou? Compartilhe