Etapa inicial das obras do Hospital Municipal em fase de conclusão

Na parte de reforma, será atendida uma área de 1.043,44 m²

Escrito por
,
em
Investimento total será de R$ 8 milhões

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Depois das etapas de demolição dos prédios antigos e terraplanagem, as obras do Hospital Beneficente Dr. César Santos seguem em ritmo intenso. Conforme o secretário adjunto de Planejamento, Leandro Trizzini, atualmente estão sendo concluídas as instalações provisórias. Com essa etapa finalizada, a obra deve passar, no mês de junho, para a realização das fundações profundas. Esta é a primeira grande obra pela qual o Hospital Municipal é submetido. Na parte de reforma, será atendida uma área de 1.043,44 m², abrangendo o Pronto Atendimento Adulto e Pediátrico, o Centro de Diagnóstico, a Recepção e as fachadas. Já a parte da ampliação, a área é de 2.643,15 m², englobando o Centro de Diagnóstico, que vai incluir uma sala para tomógrafo, o Pronto Atendimento Adulto, a farmácia interna, o setor administrativo e o setor de apoio logístico.

A primeira fase da obra de reforma e ampliação do Hospital Municipal amplia a área de leitos de 35 para 54, com a criação de 19 leitos – sendo 12 leitos psiquiátricos. Ainda, 20 leitos serão reformados. Entre outras intervenções estão previstas: dois elevadores novos, troca de gerador de energia e novas instalações elétricas, hidráulicas e de gases. A previsão é de que as obras estejam prontas até março de 2020. O investimento total da obra é de mais de R$ 8 milhões entre recursos federais e de contrapartida do município. A captação de verbas federais foi feita com emendas dos ex-deputados Beto Albuquerque e Luiz Carlos Busato, além dos atuais deputados: José Stédile, Carlos Gomes, João Derly, Dionilso Marcon e Marco Maia.

Gostou? Compartilhe