Fatos 05.09.2018

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Oposição na OAB
A eleição na OAB sempre movimenta a categoria. O advogado Paulo Petri, de Porto Alegre, reuniu grupo de profissionais de Passo Fundo, na noite de segunda-feira, para conversar em torno da formação de uma chapa de oposição ao atual comando estadual. Ele é pré-candidato à presidência e se junta a outros advogados que discordam da condução da entidade. “Não é possível permitir que este grupo que está há 12 anos no comando, permanece à frente da OAB”, comentou. Petri visitou o jornal O Nacional e disse que a OAB está deixando o protagonismo, reduzindo suas ações em vários momentos da vida do país. Criticou, por exemplo, o que considerou de inoperância da entidade em relação a reforma trabalhista. Reforma esta que, segundo ele, está precarizando a atividade advocatícia. A eleição da OAB estadual ocorre em novembro, paralelo a eleição das subseções instaladas nos municípios.

 

O dedo do Beto
“Nada aconteceu nos últimos 30 anos em Passo Fundo sem a presença de Beto Albuquerque”. Foi com esta fala que o prefeito Luciano Azevedo, ao fazer a apresentação de Beto como candidato ao Senado às lideranças e empresários reunidas na Acisa, enfatizou que Passo Fundo e a região Norte estão prestes a entrar para a história se unirem forças e multiplicarem a intenção de voto, no dia 7 de outubro. “Quanto uma vida é salva em hospital de Passo Fundo, podem ter certeza que lá está o dedo de Beto, que inúmeras emendas destinou para a compra de equipamentos e instalação de novos serviços. Mesmo sem mandato, nos últimos quatro anos, a cidade recebeu muitos destes recursos, resultado das emendas encaminhadas por ele enquanto parlamentar. O Parque da Gare é um exemplo disso”, comentou o prefeito.


Não se omitam!
Luciano garantiu que entrou de corpo e alma na campanha de Beto e que não está em cima do muro. Pediu para que as lideranças presentes não se omitam na hora de votar e reflitam sobre a possibilidade real de eleger um senador. “Não se omitam, porque dois serão eleitos senadores no RS e Passo Fundo e região podem contribuir para que um deles saia daqui”, disse.

 

Gasolina
Até a semana passada ainda era possível abastecer o carro com gasolina a R$ 4,19, R$ 4,29. Pois a bondade não durou muito. Vieram os reajustes da Petrobrás e hoje tem posto de combustível vendendo acima de R$ 4,40 até R$ 4,69.


Campanha
Boas estratégias de marketing já provaram que são eficientes nas capanhas eleitorais. A campanha do governador Sartori tem um jingle chiclé. E o que gruda pode convencer ou pode se tornar chato. O pior até agora continua a aprentação dos candidatos a deputado. Gente, é um tal de a favor disso, daquilo e daquilo outro...você já me conhece...vou acabar com isso e mais aquilo. Nada, absolutamente nada supreende. Também, o tempo disponível não colabora.

Gostou? Compartilhe