Fatos 07.09.2018

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Venezuelanos em Chapada

O Município de Chapada abre as portas para 50 imigrantes venezuelanos, que devem chegar à cidade depois do dia 20 de setembro. O Prefeito Carlos Catto ofereceu a cidade para receber o simigrantes e disse que tem o apoio da população, por se tratar de uma questão humanitária. “Aqui há postos de trabalho e vagas em escolas”, afirmou. Com 10 mil habitantes, Chapada é conhecida na região pela mais tradicional festa alemã, sempre realizada em janeiro, a Chapada Fest. O município foi o primeiro, depois de Esteio e Canoas, que receberão o maior número de imigrantes, a se oferecer para ajudar. O Prédio da antiga escola está sendo preparado e será utilizado para abrigar as pessoas. Por conta desta atitude, a prefeitura vai receber ajuda do governo federal.

No limite

O condenável episódio envolvendo o candidato à presidência da República, Jair Bolsonaro, PSL, reflete o limite a que chegamos. Nunca na história recente da democratização do país, um candidato à presidência sofreu atentado, ferido de forma a colocar em risco a vida. A incitação à violência, o acirramento nas discussões políticas, a divisão da sociedade em pessoas de bem e pessoas do mal, mancham o processo democrático, com repercussões que podem ser ainda mais graves para o país. Não é admissível que se pregue a violência e muito menos que se pratique a violência contra qualquer que seja a pessoa. O ambiente é hostil, mas precisamos transcender com sabedoria. O futuro agradece pela lucidez do presente.

Intolerância

As Redes Sociais se transformaram no lixo da humanidade, mas também um arquivo universal que revela as mais variadas contradições humanas. Para quem tem o hábito de fazer print reúne farto material para o contraditório.

Perda

A comunidade do Loteamento Professor Schisler perdeu o primeiro presidente da Associação. Líder comunitário João da Silva morreu na quinta-feira, vítima de câncer. Era um trabalhador da construção civil que dedicava-se a vida comunitária. Deixou um legado e foi um grande exemplo. 

Gostou? Compartilhe