Fatos 07.12.2019

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Novos passos

“Ganhamos tração”. A expressão é de um trabalhista que ficou entusiasmado com o evento de final de ano do PDT, realizado quinta-feira à noite, no CTG Lalau Miranda e que marcou o lançamento da pré-candidatura a prefeito de Márcio Patussi. Mais de 500 pessoas participaram dando uma prova de engajamento e  articulação política.  A atividade foi prestigiada pelo presidente estadual Pompeo de Mattos e contou com pedetistas históricos como os ex-prefeitos Airton Dipp e Carlos Armando Salton. Patussi destacou que o grupo está unido em torno de um projeto de esperança e evolução para a cidade. "Um novo caminho está sendo construído a muitas mãos. Respeitamos as conquistas, mas não podemos nos acomodar. Passo Fundo precisa estar mais preparada para aproveitar a retomada econômica", afirmou o vereador. Representantes de PP, PL, Podemos e Avante prestigiaram o ato, indicando  um movimento de unidade em torno das eleições de 2020.

Três presidentes

A BSBIOS de Passo Fundo tem um feito incomparável, além de ser uma das maiores produtoras de biocombustível do Brasil. É uma das poucas no país, única na região Norte do Estado e talvez no RS que conseguiu a visita de três presidentes de diferentes Nações. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que lançou a pedra fundamental da indústria, em 20 de junho de 2006, o presidente de Honduras, Juan Orlando Hernández, que visitou a empresa em 16 de junho de 2014 para conhecer o projeto de energia renovável, e, na quinta-feira, o presidente do Paraguai Mario Abdo Benítez,

Presente de Natal

O secretário de Desenvolvimento de Passo Fundo, Carlos Eduardo Lopes da Silva não desiste. É mais do que otimismo. É convicção. Não tem um dia que ele não ligue para todos os departamentos e secretarias possíveis e imagináveis para saber como está o processo da obra do aeroporto Lauro Kortz e lembrar que é preciso mais do que agilidade. O secretário Cadu acredita que ainda há tempo e é possível dar um presente de Natal para Passo Fundo e região, com a liberação do projeto para início das obras. 

Mobilização

É importante deixar bem claro que o município não tem nenhuma responsabilidade com o aeroporto, que é do Estado. No entanto, assim como a Câmara, através do vereador Paulo Neckle, MDB, e entidades empresariais da cidade, nunca se omitiu em fazer mais do que devia para que as coisas andassem. 

O vice

João Pedro Nunes será o candidato a vice na chapa que terá um nome do PSB como candidato a prefeito. Só não será, se não quiser.

Saco sem fundo

Quase R$ 4 bilhões é o valor do Fundo Eleitoral para 2020. PT e PSL vão abocanhar 20% deste total e dividir R$ 730 milhões. Para compor o fundo, as áreas de Saúde e Educação perderam recursos. Da saúde foram R$ 500 milhões. Absolutamente não há lógica nisso tudo.

Quem são

Os partidos que apoiaram a ampliação do Fundo Eleitoral na Comissão: PP, MDB, PTB, PT, PSL, PL, PSD, PSB, Republicanos, PSDB, PDT, DEM e Solidariedade. Esses partidos têm a maioria na Câmara, 430 dos 513 deputados e no Senado,  62 dos 81 senadores.  Os partidos que foram contra o aumento do Fundo: Podemos, Cidadania, PSOL e Novo

Gostou? Compartilhe