Fatos 08.10.2019

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Dois parques integram novo empreendimento

Novo empreendimento imobiliário que será construído às margens da ERS 324 em Passo Fundo, no trecho do distrito industrial, terá espaço para 1,5 mil residências e dois parques, um de preservação ambiental, uma área de 30 hectares doada ao município e que vai compor a Reserva do Pinheiro Torto, e outro que será um parque linear digno das maiores cidades do mundo. “O conceito de parque, na maioria das cidades, é de centralidade. Nós vamos inovar fazendo um parque linear, aberto à comunidade, que vai passar por toda a extensão da área, ficando próximo a cada residência que ali for construída”, revelou o empresário Renato Miranda, sócio proprietário da Bolsa Construções e Incorporações, que se associou a outras grandes empresas para investir no novo empreendimento. Integram a associação a incorporadora e construtora Melnick Even, líder em empreendimentos de alto padrão; Arcádia Urbanismo, pioneira em condomínios horizontais e bairros planejados; – ambas com sede em Porto Alegre; Bolsa Construções e Incorporações e a SBC Administração e Participações, ambas de Passo Fundo.

Transformação

Assim como o Cidade Nova, também investimento da Bolsa Incorporações, que trouxe uma mudança urbanística importante para Passo Fundo, o novo empreendimento será responsável por uma transformação nesta região da cidade, para onde o município tem espaço para crescer. O bairro planejado deve se constituir em novo marco histórico urbanístico e está concebido integralmente dentro das normas do novo Plano Diretor, com ruas largas e recuos entre uma construção e outra, garantindo luminosidade às edificações de qualquer ângulo.

Novidades comerciais

Lançado ontem à noite, na Casa do Bosque, o empreendimento também oferece novidades para facilitar investidores. Os valores devem variar de R$ 110 mil a R$ 150 mil e o investidor poderá pagar em até 15 anos, o que habitualmente não ocorre quando a comercialização envolve somente o terreno.

O importante é o projeto

No Encontro Regional do PSB, realizado sábado em Passo Fundo, o Prefeito Luciano Azevedo voltou a afirmar que o candidato apoiado por ele em 2020 será filiado ao partido. Sem falar em nomes, Luciano insistiu que o importante é o projeto, e não a pessoa. Nos bastidores, o prefeito manifestou convicção de que seu governo não será julgado nas urnas. Para ele, a avaliação da população já aconteceu quando ele foi reeleito com a maior votação da história, em 2016. Luciano disse que vai se empenhar na eleição, mas que o resultado eleitoral depende de uma série de fatores: “vitória ou derrota são sempre do candidato”. Esse porém, não será o entendimento dos adversários, que não pouparão esforços para bater na Administração para atingir o candidato apoiado por Luciano. Aliás, a campanha de 2020 tem tido algumas prévias a partir da Câmara de Vereadores.

Candidato

No fim de semana Luciano participou de outros encontros do PSB na região. Em todos foi apontado como nome forte para 2022 para deputado federal, mas também deve nome citado como “possível candidato a governador” pelo presidente estadual do PSB, Mário Bruck. Apesar do agrado, quem conhece o prefeito sabe que, depois de oito anos de pressão no Executivo, ele não sonha com o Palácio Piratini. Quer retornar ao Legislativo, em Brasília.

Orgulho da nossa APAE

A Apae de Passo Fundo representou todas as Apaes do Estado que tem projetos com a Secretaria Estadual da Saúde na assinatura de convênios que vão garantir repasse de recursos por meio de emendas parlamentares. A presidente Estela Rovani participou do ato ontem de manhã no Palácio Piratini.A Apae de Passo Fundo foi escolhida porque foi a primeira a entregar o projeto é pela transparência na sua gestão, o que despertou muito interesse de parte da secretária Arita Bergmann.  Estela aproveitou para entregar ao governador Eduardo Leite o Prato feito pela artista passo-fundense Miriam Postal e material de divulgação da entidade.

Repúdio I

A Associação Nacional de Editores de Revistas (ANER) e a Associação Nacional de Jornais (ANJ) condenaram as declarações do secretário de Comunicação da Presidência da República, Fabio Wajngarten. Em rede social, ele afirmou que "parte da mídia ecoa fake news, ecoa manchetes escandalosas, perdeu o respeito, a credibilidade, a ética jornalística". As entidades de comunicação repudiaram ainda a conclamação feita pelo secretário para que "anunciantes que fazem mídia técnica tenham consciência de analisar cada veículo de comunicação para não se associarem a eles, preservando suas marcas".

Repúdio II

A ANJ e a ANER lamentaram a "visão distorcida" do secretário sobre mídia técnica. "O que é preocupante vindo de quem tem a responsabilidade de gerir recursos públicos de publicidade", afirmam.  "Em uma democracia, é inaceitável que um representante do governo convoque anunciantes a boicotar veículos por insatisfação com o que publicam", afirma Daniel Bramatti, presidente da ANJ.

 

 

Gostou? Compartilhe