Fatos 11.04.2019

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Acisa pode vender sede
Os empresários associados da Acisa decidem, nesta sexta-feira, em assembleia geral, convocada para às 14h, se autorizam ou não a venda do imóvel onde está a sede da entidade, localizada na General Neto, quase em frente ao Fórum. Um conjunto de fatores contribui para esta tomada de decisão, entre os quais, a estrutura física que não atende mais as necessidades da entidade, a localização central que dificulta o estacionamento e acesso ao prédio em determinados horários, aliado a questão financeira. Com o dinheiro, a entidade compraria outro imóvel em local de fácil acesso e poderia saldar dívidas em aberto. “É um assunto delicado, que já foi ventilado por outras diretorias e que nós resolvemos assumir”, disse o presidente da entidade, Evandro Silva, à colunista. Evandro se espelha em exemplos de outras cidades que já fizeram o mesmo, citando Erechim e Sarandi. “A cidade precisa expandir para outras áreas e como defendemos isso junto aos nossos associados, também precisamos dar o exemplo”, pontua. “Nós sabemos das barreiras e até críticas que enfrentaremos, mas precisamos enfrentar essa situação. Mudanças causam dores, mas precisam ser feitas”, reforçou.


Avaliação
Quatro corretores independentes foram contatados para fazer a avaliação do imóvel, que ocupa um andar inteiro do prédio 443 da General Neto. O imóvel está cotado em mais de R$ 1 milhão.

 

Afrouxando a regra
O governo vai mudar o prazo de validade da carteira do motorista, atualmente em cinco anos, e também vai aumentar a quantidade de pontos para que o motorista perca a habilitação por excesso de infrações, passando dos atuais 20 para 40 pontos. Segundo o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, até sexta será encaminhada uma proposta ao Palácio do Planalto propondo as alterações. Essas medidas juntam-se a intenção do presidente Jair Bolsonaro de eliminar com controladores de velocidade em rodovias federais. Medidas, no mínimo, polêmicas, diante da verdadeira guerra que vivemos no trânsito.

 

Demagogia
O vice-presidente nacional do PSB, ex-deputado Beto Albuquerque, que sempre esteve à frente de lutas para tornar mais rígidas as regras para motoristas infratores, lamentou a intenção de afrouxamento das regras. “O trânsito mata 40 mil pessoas/ano no Brasil! Entre gastos com hospitais, UTIs, exames, lesões, invalidez e mortes o país gasta R$ 50bi/ano com acidentes de trânsito. Recursos da saúde que fazem falta em outras áreas! Portanto, esta é uma área que não tem espaço pra demagogia, fala fácil ou populismo barato”, comentou.

 

Inventário arbóreo
O vereador Saul Spinelli, PSB, entregou ao Secretário do Meio Ambiente Rubens Astolfi o termo de referência para aplicação da Lei Paulo Fragomeni, que trata sobre o Inventário arbóreo da cidade. O vereador é autor da lei. Também participaram do ato a bióloga Ana Kelli e os integrantes do COMAU – Conselho de Arborização, Reni Rui Tres e Bernardo de Palma. O inventário arbóreo permite o conhecimento da população arbórea da cidade e a adoção de estratégias para o manejo destas áreas por meio da sistematização e análise das informações obtidas.

 

 

Vergonha alheia
Das coisas que falam em Brasília...
* Ministra da Agricultura diz que ''brasileiro não passa muita fome porque tem muita manga''. Argumentação de Tereza Cristina foi feita durante sessão na Câmara dos Deputados.
* Deputado do PSL diz que em Alcântara há apenas “empresa de arco e flecha”. O parlamentar em questão é o gaúcho Bibo Nunes.
* “Queremos uma garotada que comece a não se interessar por política, como é atualmente dentro das escolas, mas comece a aprender coisas que possam levá-las ao espaço do futuro”, presidente Jair Bolsonaro durante a posse do novo ministro da Educação.

Gostou? Compartilhe