Fatos 15 e 16.09.2018

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Realismo

José Ivo Sartori não sabe quantas vezes esteve em Passo Fundo durante seu governo. Mas tem certeza que foi a cidade que mais visitou. E cada vez que chega aqui se surprende com boas mudanças. “Vocês que estão aqui todos os dias, talvez não observam o quanto esta cidade se desenvolve. Mas quem vem de tempos em tempos percebe a transformação”, disse o candidato que falou a lideranças empresariais no final da tarde de sexta-feira, na sede da Acisa. Com um discurso realista e demonstrando tranquilidade, Sartori disse aos empresários que não existe milagre para sair da crise. Segundo ele, basta continuar colocando em prática o Plano de Recuperação Fiscal. Advertiu que o país levará mais tempo do que o imaginado para retomar o crescimento e que o Rio Grande do Sul precisa eleger senadores comprometidos com o Estado, indicando José Fogaça e Beto Albuquerque. À noite, Sartori participou de um jantar por adesão no CTG Lalau Miranda.

O Poder econômico

A renovação no Parlamento (estadual e federal) dificilmente será uma realidade nestas eleições. Com a decisão dos partidos em destinar recursos do Fundo Eleitoral para candidatos com mandato, aqueles que buscam se eleger sem este aporte, enfrentam ainda a concorrência desleal nas suas bases eleitorais, justamente dos que tem dinheiro.

Embaraço

Os partidos são os responsáveis pelo descrédito na política ao permitirem o individualismo, a rasteira e práticas nada republicanas num processo eleitoral. Acabam com o interesse de quem trabalha com seriedade e quer fazer a diferença.

 Rápidas

* A Câmara de Vereadores em ritmo de eleições: homenagens e moções integram o trabalho parlamentar.

* Nas ruas, a campanha eleitoral ainda não está visível. Candidatos deixam para usar a estratégia física nos últimos dias.

 

Gostou? Compartilhe