Fatos 15.03.2018

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Flexibilização

Não havia dúvidas da necessidade de fazer adequações à lei que regulamenta o uso de aplicativos de transporte individual em Passo Fundo. Não fosse assim, a cidade ficaria fora da operação da Uber que é a maior empresa do ramo no mundo. Os vereadores Márcio Patussi, PDT, e Patric Cavalcanti, DEM, apresentaram emendas nos últimos dias. Patussi propõe alterar as obrigatoriedades de repassar informações à prefeitura e a de que os veículos sejam emplacados em Passo Fundo. Patric estendeu a vida útil dos carros de cinco para dez anos. O vereador Mateus Wesp, PSDB, foi além. Apresentou um novo projeto de lei, revogando 11 dispositivos da lei que já foi sancionada e entraria em vigor no dia 15 de abril. Basicamente desmonta a lei atual retirando todos os itens que foram considerados pela Uber como impeditivos. Em síntese, isso demonstra que a lei aprovada era excessivamente dura e engessava a atividade de aplicativos na cidade. De outra parte, e é justo que se diga, os vereadores compreenderam o apelo popular flexibilizando as regras. A matéria sobre as alterações propostas você confere na página 8.

Inadmissível

A falta de manutenção da rede elétrica nas escolas estaduais de Passo Fundo (existem vários casos no Estado) é um problema de segurança e deveria ser visto pela Secretaria Estadual da Educação como prioridade das prioridades. 

Ideia de Jerico

Pré-candidato do PSL à Presidência, deputado federal Jair Bolsonaro, defendeu a construção de campos de refugiados para venezuelanos que chegam ao Brasil; “Já temos problemas demais aqui”, disse ele. E assim seguimos aos trancos e barrancos. A campanha promete!

ERS 324

O deputado estadual Vilmar Zanchin, PMDB, assegurou em entrevista a Rádio Vang, de Marau, que as obras de restauração da ERS 324 entre Casca e Passo Fundo serão retomadas imediatamente. A confirmação, segundo ele, veio do governador José Ivo Sartori. Agora, a restauração deve seguir no sentido de Vila Maria até Passo Fundo, passando pela perimetral de Marau. As obras no trecho haviam sido paralisadas em dezembro, quando foi concluído o segmento de 22 km entre Casca e Vila Maria. O Crema Passo Fundo abrange 530 quilômetros de vias pavimentadas em dois lotes: Passo Fundo – Cruz Alta e Passo Fundo – Palmeira das Missões. O investimento é de, respectivamente, R$ 101 milhões e R$ 138 milhões, com recursos do Banco Mundial (Bird).

Confirmado

O vereador Patric Cavalcanti esteve ontem no DAER e confirmou que as obras de restauração da 324 serão retomadas ainda na próxima semana. O governador Sartori deve vir a região neste fim de semana para fazer o anúncio oficial. Houve uma atualização do contrato com a empresa responsável. 

Gostou? Compartilhe