Fatos 20.11.2019

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

PSL

A incerteza de que haverá tempo hábil para a criação do novo partido Aliança pelo Brasil, exige cautela das lideranças do PSL. Seguindo orientação do presidente Jair Bolsonaro, a executiva municipal decidiu, no último sábado, que se manterá no PSL para participar da eleição. No próximo dia 8 de dezembro vai realizar um evento especial de apresentação dos membros da direção local e a filiação do procurador do Estado Rodinei Candeia, já considerado pré-candidato a prefeito. Também serão filiados nomes que disputarão vagas à Câmara de Vereadores. “Decidimos pela manutenção da defesa da pauta do governo Federal e do presidente Jair Messias Bolsonaro, prezando pelo conservadorismo nos costumes e liberalismo na economia, pelos valores judaicos cristãos, pela família e Pátria”, diz a nota que foi produzida a partir do encontro. “Tendo em vista da criação do novo partido Aliança pelo Brasil, não  sabemos ainda se ele se constituirá em tempo da eleição municipal. Almejamos que sim, pois lutamos pela mesma causa e, futuramente, teremos dois partidos aqui de direita, PSL e Aliança pelo Brasil. Mas, nesta incerteza e cumprindo orientação de nosso presidente, permaneceremos com a sigla PSL, conduzindo a campanha municipal e nos mobilizando pelos candidatos que representam nossa causa”, manifesta a executiva que tem como presidente Francisco Lupatini”. O evento do dia 8 será realizado no CTG Osório Porto, por adesão, com início previsto para às 11h.

Atuação em bloco

O Democratas e o PSD decidiram atuar como bloco em articulação para as eleições do próximo ano, tendo como pré-candidato a prefeito o vereador Patric Cavalcanti. Ontem de manhã, os representantes dos partidos visitaram o prefeito Luciano Azevedo para comunicar a decisão. Integrantes da base aliada manifestaram apoio incondicional ao governo. O bloco DEM-PSD pretende conversar com outras siglas. Tudo é possível nessa fase de negociação, até mesmo a  reedição da atual força política tendo PSB na cabeça de chapa em 2020.  

Espalhando bons exemplos

O prefeito Luciano Azevedo continua recebendo convites para falar do seu trabalho para administrações de diversos municípios do Rio Grande do Sul. Dezenas de líderes municipais interessados em saber mais sobre os principais programas e ações implementados em Passo Fundo, que ganharam destaque estadual, buscam repetir em seus municípios os bons exemplos. Só na última semana Luciano foi convidado para falar a respeito da gestão em Serafina Correa, Santana do Livramento e Pelotas, municípios de diferentes regiões do Estado.

Endividamento

A Assembleia Legislativa deverá votar na próxima semana, projeto de lei de autoria do deputado Paparico Bacchi (PL) que instituí ações de conscientização e combate ao superendividamento do consumidor gaúcho. A proposta original estipulava a criação de uma semana especial sobre o tema, mas recebeu emenda da deputada Any Ortiz (Cidadania), que sugeriu a inserção das atividades dentro da Semana do Consumidor Gaúcho, criada em 2015 por força da Lei Estadual nº 14.788 e comemorada na semana do dia 5 do mês de março.

Escravo

“Aproximadamente 80% da população brasileira vive na escravidão imposta pelas prestações do crediário fácil. Isso representa um universo superior a 166 milhões de pessoas que – muitas vezes – acabam extrapolando os limites do cartão de crédito, cheque especial e acabam vítimas do consumismo”, afirma o autor da proposição. O projeto de lei constava na ordem do dia desta terça-feira (19), mas não chegou a ser apreciado por falta de quórum.

 

 

Gostou? Compartilhe