Fontes em OFF

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Zika vírus I
Exames para identificar infecção pelo vírus da Zika em breve vão poder ser feitos em 20 minutos. Pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em Pernambuco, desenvolveram um método simples e 40 vezes mais barato que o tradicional. A expectativa é que chegue aos postos de saúde antes do final do ano, beneficiando, principalmente, os municípios afastados dos grandes centros, onde o resultado do teste de Zika pode demorar até 15 dias. As informações são de um dos criadores da técnica, o pesquisador da unidade Jefferson Ribeiro.

Zika vírus II
Outra vantagem do novo teste é que pode ser feito por qualquer pessoa nos postos de saúde, não exige treinamento complexo. Com um kit rápido, basta coletar amostras de saliva ou urina, misturar com reagentes fornecidos em um pequeno tubo plástico e depois aquecer em banho maria. Vinte minutos depois, se a cor da mistura se tornar amarela, está confirmado o diagnóstico de Zika, se ficar laranja, o resultado é negativo. Hoje, o teste PCR (reação em da polimerase), com reagentes importados, é feito com material genético retirado das amostras, o que demora mais. O teste elaborado pela Fiocruz Pernambuco é também mais preciso, ou seja, tem uma taxa de erro menor, acusando a doença mesmo em casos que não foram detectados pela PCR. A expectativa dos pesquisadores é que o kit seja desenvolvimento pela indústria nacional, com a participação da Bio-manguinhos, e disponibilizado até o fim do ano. Testes semelhantes já são usados para o vírus da dengue e outras bactérias.
Foto divulgação

Mega-sena
O concurso 2142 da Mega-Sena não teve, no sábado (13), acertadores no prêmio principal de R$ 45 milhões. Os números sorteados foram: 07, 40, 44, 50, 52 e 57. A quina - cinco números - teve 65 ganhadores, cabendo a cada um deles R$ 55.484,51. E a quadra - quatro números - registrou 5.028 acertadores. Cada um ficará com R$ 1.024,68. O próximo sorteio da Mega-Sena será no dia 17, quarta-feira. E a previsão é de um prêmio de R$ 52 milhões. As informações são do site da Caixa Econômica Federal.


Bairro a Bairro I
A 49ª do Programa Prefeitura Bairro a Bairro aconteceu no sábado (13) no Parque Bela Vista. Os moradores que participaram contaram com toda a estrutura do governo municipal, além das duas novidades do programa: consultas e orientações médicas e recolhimento de lixo eletrônico. Segundo o prefeito Luciano Azevedo, o Bairro a Bairro sempre é um momento feliz. “Chegamos a 49 edições do Bairro a Bairro, que é um programa que nos aproxima ainda mais da comunidade para ouvir e dialogar. Também entregamos aqui importantes obras que já beneficiam as famílias”, afirma.

Bairro a Bairro II
A Secretaria de Obras realizou no bairro pavimentação asfáltica das ruas Caramuru e Beco da Princesa Isabel, além de drenagem pluvial e serviços de manutenção e recuperação nas demais vias. Já a Secretaria de Transportes e Serviços Gerais está fazendo serviços de limpeza, roçada e iluminação. Para o presidente da Associação de Moradores, Juarez Tessaro, a comunidade agradece as obras. “Antes aqui era barro e esgoto, agora, temos estrutura. Isso é muito importante!”, destaca.

Bairro a Bairro III
Quem foi ao Bairro a Bairro também conferiu apresentações artísticas e culturais, pode esclarecer dúvidas e encaminhar demandas. Desde que foi implantado, o programa já realizou melhorias e visitou 49 regiões da cidade. Em todas elas a população pode contar com brinquedos infláveis para as crianças, prestação de serviços dos cursos da Universidade Popular, distribuição de mudas e sementes, serviços de assistência social e atualização do Cadastro Único, esclarecimentos sobre programas, orientações de prevenção de doenças, distribuição de medicamentos do Programa Farmácia Mais Perto, atendimento do Programa É o Bicho, entre outros.

Colheita
A soja alcançou 68% da área colhida no Rio Grande do Sul, com 25% maduros e por colher e 7% em enchimento de grãos. A colheita segue intensificada, alcançando 920 mil hectares, favorecida pelo clima seco na maior parte dos dias. De acordo com o Informativo Conjuntural, divulgado pela Emater/RS-Ascar na quinta-feira (11), embora tenha interrompido a colheita, a chuva favoreceu a cultura, tanto as lavouras tardias em enchimento de grãos, como as lavouras prontas que apresentavam baixa umidade no grão. No milho, a colheita atingiu 75% da área, evoluindo 5% em relação à semana anterior; 16% das lavouras estão maduras e por colher e 9%, em enchimento de grãos. Com a proximidade do final da colheita da soja, os produtores das regiões do Alto Jacuí, Celeiro e Noroeste Colonial se preparam para retomar a colheita do milho, já que as lavouras que restam estão maduras e prontas para colheita.

Gostou? Compartilhe