JBS obtém autorização da Justiça para retomar atividades

Unidade de Passo Fundo estava interditada por decisão do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

A JBS obteve ontem à noite (18), um efeito suspensivo através de recurso no Tribunal Superior do Trabalho para abertura da unidade em Passo Fundo. O frigorífico estava interditado por decisão do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região.

Em 24 de abril, após fiscalização da Subsecretaria de Inspeção do Trabalho, o estabelecimento foi identificado como foco de coronavírus. Na oportunidade, 19 trabalhadores testaram positivo. Familiares de funcionários também morreram de covid-19. A direção recorreu da decisão e conseguiu autorização do juiz Luciano Ricardo Cembranel, da 2ª Vara do Trabalho de Passo Fundo, para retomar as atividades, cumprindo com uma série de medidas. A reabertura marcada para o dia 9 de maio, não ocorreu em razão de uma segunda interdição feita pela prefeitura.

A Vigilância em Saúde do Município entendeu que foram desrespeitadas regras sanitárias e epidemiológicas. Ainda no entendimento da Vigilância, a empresa deveria providenciar monitoramento de todos os trabalhadores afastados, o que não teria ocorrido.

Na semana passada, após novas inspeções, a prefeitura suspendeu o decreto e autorizou a abertura do frigorífico para o dia 14 de maio. No entanto, uma decisão do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região, mantinha a interdição solicitada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT-RS).

Funcionários devem passar por testes e triagem nesta terça-feira. As atividades devem iniciar na quarta-feira.

Gostou? Compartilhe