O que é ?EURoemarketplace?EUR??

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Na Conferência E-Commerce Brasil Minas 2018, o site “Reclame Aqui”, considerado um dos cinco mais visitados do país, foi realizada uma pesquisa que constatou que apenas 27% dos consumidores conhecem e compram por meio de plataformas de marketplace. A pesquisa, com 42 mil pessoas, revelou que 48% dos entrevistados nunca ouviram falar no termo ‘marketplace’, demonstrando que existe um grande mercado a ser explorado. Diariamente, 700 mil pessoas ingressam na plataforma “Reclame Aqui”, porque têm algum problema com uma marca (245 mil) ou para reclamar (24-30 mil). Outro dado interessante sobre este comportamento, revelou que 136.500 consumidores consultados acionaram o site de pesquisa no exato momento da compra, buscando assim orientações e dicas sobre fornecedores e produtos. O Marketplace é um portal de e-commerce colaborativo, que apresenta oportunidades de compras tanto para consumidores quanto para lojistas, é, na verdade, um shopping virtual.

 

Cadastro indevido de inadimplentes

A empresa “Oi” foi condenada a pagar R$ 10 mil por inclusão indevida do nome de uma consumidora no cadastro de inadimplentes. A decisão foi adotada pelo juiz de Direito Paulo Tourinho, da 22ª Vara Cível de Curitiba/PR. A consumidora foi informada da existência de registro do seu nome no cadastro de inadimplentes quando tentou comprar um produto em uma loja na sua cidade. A informação ocorreu diante de pessoas estranhas, o que gerou uma situação vexatória e humilhante. Como ficou comprovado que a consumidora não possuía nenhum débito com a “Oi”, o registro foi considerado indevido e arbitrário.

 

Cobrança de manutenção de poupança

Apesar da ilegalidade, muitas instituições bancárias continuam cobrando taxas de manutenção de conta poupança. Em razão desta irregularidade, o Banco Bradesco foi condenado, em Brasília, a pagar R$ 4 mil de indenização por danos morais ao consumidor titular da conta. Os débitos lançados na conta poupança também foram anulados pelo judiciário.

 

Fragmentos

- A Netshoes fez um pronunciamento público informando que vai notificar cerca de dois milhões de pessoas afetadas por um ataque hacker em dezembro de 2017. Os clientes com informações vazadas serão notificados por telefone pela Netshoes.

 

- O Banco Central negou, nessa terça-feira, a notícia divulgada na semana passada de que seria extinto o parcelamento sem juros no cartão de crédito. O parcelamento sem juros deve continuar vigorando, segundo o BACEN. Evidente que, a expressão “sem juros” corresponde ao parcelamento exato do valor anunciado na etiqueta, sem acréscimos, mas como atualmente é possível dar desconto no pagamento à vista, isso quer dizer que os produtos anunciados já trazem um juro embutido, não informado ao consumidor. O alerta é do advogado Eden Pedroso, que enviou recado ao colunista. Feito o registro.

Gostou? Compartilhe