OPINIÃO

Papai Noel existe?

Por
· 2 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Já imaginou um lugar onde é Natal o ano todo? Bem vindos a Lapland, a Terra oficial do Papai Noel!

Quando eu era criança, eu tentava ficar acordada a noite toda e capturar o Papai Noel. Conforme crescia, perguntas do tipo: “mas como ele entra aqui em casa se não temos uma chaminé?” ou “como que ele entrega os presentes para todas as crianças do mundo sendo um só, em uma única noite?” surgiam o tempo todo. Um pouco mais tarde, eu descobri a verdade e todo aquele encanto de criança tornou-se mais mágico ao sentir que o natal está muito além dos presentes e da figura do homem de barba branca. Por estes motivos, dentre tantos outros, que a Lapônia estava na minha listinha de lugares para visitar!

A Lapônia é uma região no norte da Europa, localizada, na sua maior parte, dentro do Círculo Ártico e está dividida entre Finlândia, Suécia, Noruega e Rússia. A área finlandesa recebe o apelido de Lappi e tem como capital a cidade de Rovaniemi. E é onde toda a magia começa, afinal, é daqui que, dia 24 de dezembro, o trenó do Papai Noel parte para entregar presentes ao redor do mundo.

Na vila oficial do Papai Noelé possível visitar a casa onde os Elfos trabalham duro, durante todo o ano, para garantir todos os presentes. Você pode observá-los pelo olho mágico de cada uma das portas. Lá você vai descobrir o relógio com o pêndulo gigante, que congela o tempo na noite do dia 24 de dezembro para que o bom velhinho consiga entregar todos os presentes, sem atraso. Além, é claro, de ter uma conversa exclusiva com Papai Noel, fazer teu pedido pessoalmente e se encantar com os olhos azuis, cor do mar, do velhinho mais amado do mundo.

A vila é enorme, com entrada gratuita, e você ainda pode enviar cartinhas, direto do correio oficial do Papai Noel. Aliás, é ali que chegam mais de 500 mil cartas por ano, destinadas ao bom velhinho e com todos os tipos de pedidos que você possa imaginar.

É, também, na Santa Claus Village que passa a linha imaginária do Círculo Polar Ártico. Para quem não sabe, o Circulo Polar Ártico é o nome dado a uma das linhas imaginárias que divide o nosso planeta e que, se for inverno, o sol não passa da linha do horizonte durante as 3 e/ou 4 horas que se tem luz natural nessa época. Já no verão, o sol fica o tempo todo acima da linha do horizonte, fazendo com que, durante esses meses, não exista noite (isso explica o porquê anoitecia às 15:30 no período em que eu estava por lá). 

Mas não é só de Papai Noel que se resume Rovaniemi. Um dos pontos mais marcantes da viagem é poder ver as Luzes do Norte, conhecidas como Aurora Boreal. Para isso, você precisa se deslocar até a floresta, ou algum outro ponto distante da cidade. Quanto menos luz artificial, maior a probabilidade de ver a dança das cores no céu. Confesso que nem o frio de -7 graus me fez desistir de adentrar a mata. Enquanto elas não aparecem no céu, é possível se aquecer ao redor de uma fogueira, beber chá de blueberry e experimentar salsichas de carne de rena (sim, se você não receber seu presente de natal, já sabe que é porque eu comi um dos ajudantes do Papai Noel – risos). A cidade também oferece passeios pelas aldeias para conhecer um pouquinho da cultura Sami, fazenda de renas, lagos congelados, zoológico onde é possível observar o urso polar, entre tantas outras coisas.

Com um clima subártico, renas e luzes do Norte, a Lapônia, sem dúvida, é um destino de conto de fadas e agora eu posso afirmar com todas as letras o título desta coluna: PAPAI NOEL EXISTE SIM!

Gostou? Compartilhe