Ponto de vista

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Resguardar
Os investimentos no setor industrial no município de Getúlio Vargas remontam aos anos finais da década de 1910 quando da instalação de um curtume no número 128 da Rua 23. Desde então o logradouro mudou de nome duas vezes: Rua Pelotas e Rua Albino Fernando Holzbach, a atual em homenagem a um dos sócios fundadores. De Getúlio Vargas para os centros industriais do Brasil, e também para os clientes dos Estados Unidos, Alemanha e Inglaterra, o couro processado na planta industrial do Curtume Erê S.A. foi despachado ao longo do século passado, até seu fechamento no início do XXI.

I I
Nos terrenos, localizados em área nobre de Getúlio Vargas, não existem quaisquer resquícios de sua existência. Até mesmo a chaminé que ainda mantinha o nome Erê foi posta abaixo, diferentemente do que ocorreu na cidade de Passo Fundo, que tombou como patrimônio histórico a chaminé da Cervejaria Brahma. Do Erê, que na língua Caingangue significa “campo pequeno”, restaram algumas fotografias e um filme preservado no Instituto Histórico e Geográfico de Getúlio Vargas, rodado para as comemorações dos 25 anos do município.

I I I
O Cortume Riograndense Ltda., que processava couro e pele de suínos, utilizados pela indústria de calçado, confecções e acessórios também foi extinto. Os dois curtumes, e também a cervejaria e a Indústria de Bebidas Mazzoleni estavam instaladas as margens do Rio Abaúna e seus afluentes. Em diferentes momentos, seguindo as normas legais, seus executivos investiram no tratamento dos afluentes. Para estação de efluentes da Antártica foi investida uma expressiva soma de capital na década de 1990.

I V
O assunto “meio ambiente”, ao menos no município que tem como patrono o ilustre filho de São Borja, sempre foi tratado com reserva. O mundo mudou, as leis são mais rígidas e preservar é preciso. Quem chegou até esta frase já deve ter entendido que o tema da coluna partiu da situação que vem ocorrendo há meses no Rio Paulo. A repercussão na imprensa ao longo da semana criou expectativas em relação ao resultado da análise da amostra d’água recolhida pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente. Ela deverá ser concluída na próxima semana quando se saberá os motivos da alteração da cor da água e do mau cheiro. Com a palavra as autoridades.

Curtas:

# O prefeito Valmor Tomazini (PPS), de Erebango, revelou a este escriba que seu candidato ao governo do Estado será José Ivo Sartori (MDB).
# Justificou o apoio a reeleição de Sartori pelo atenção recebida da direção do Daer e da Secretaria dos Transportes quanto as obras de recuperação dos 6,3 Km da ERS-475, que liga Erebango e Estação.
# O PPS da deputada estadual Any Ortiz, fechou aliança com Eduardo Leite, candidato do PSDB ao Palácio Piratini.
# A Câmara de Getúlio Vargas apreciou o pedido da vereadora Deliane Assunção Ponzi (MDB) acerca dos critérios do executivo para a expedição de alvarás para a atividade de técnico em optometria.
# O vereador Elói Nardi (PP) apresentou projeto de Lei para denominação de Rua no Loteamento La Manas, e outro com o colega Paulo César Borgmann (PP), para Ruas no Loteamento Tio Tilio II.
# Na mesma sessão ocorrida na noite de quinta-feira (28) a vereadora Cleonice Forlin (MDB) sugeriu que a administração realize um estudo em relação a horários de carga e descarga em estabelecimentos no centro.
# Há bastante tempo empresas instaladas na Rua Dr. João Carlos Machado, Av. Severiano de Almeida, e outras mais, utilizam cones e cestas plásticas para reservar o estacionamento para descarga de mercadorias.

Dito & Feito:
Foi concorrida a solenidade de inauguração do auditório do Sindicato Rural que tem como patrono o fundador e ex. presidente Octávio Cyro Boff. Associados e lideranças empresariais e políticas de toda a região prestigiaram o evento realizado na manhã de sábado (23). Na oportunidade o presidente da Sicredi Estação, Euzébio Rodighero entregou uma placa alusiva as 50 anos da entidade sindical a Sidinei Beledeli atual dirigente.

Gostou? Compartilhe