Quem tem boca vai à Roma

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Tá, eu sei que o ditado popular não é bem assim, mas eu precisava de um título para coluna desta semana.

Roma é daqueles destinos completos que conquistam nosso coração logo de cara. Entre história e mitologia, a capital italiana é uma mistura de presente com o passado e que faz você viajar em cada ruazinha. Fontes, palacetes e templos aparecem em cada esquina. Sem contar as belas praças, museus e monumentos, que, entre as ruínas imperiais, desafiam nossa imaginação.

Confesso que me surpreendi positivamente com Roma. Eu, como uma eterna apaixonada por história, me senti realizada visitando cada cantinho do Coliseu e do Fórum Romano. Foi incrível ver tudo aquilo que eu lia nos livros de história, bem ali, diante dos meus olhos. Se você está planejando visitar Roma, por favor, vá a estes dois lugares. Afinal, ir a Roma e não visitar o símbolo do Império Romano é a mesma coisa que ir até Paris e não ver a Torre Eiffel.

Outro ponto turístico de Roma que fez meu coração bater mais forte foi o Pantheon. Sim, eu fui visitar o monumento mais bem conservado da história e da Roma Antiga. O edifício é famoso por possuir uma cúpula inexplicável, de proporção gigantesca, sem nada que a sustente, e com uma abertura de nove metros de diâmetro.

Sobre as praças, as mais famosas são: Piazza Venezia (uma das mais lindas); Piazza Navona (quem assistiu Anjos e Demônios vai identificar, logo de cara, a fonte onde um dos padres é jogado); Piazza di Spagna (você vai ver um pôr do sol incrível lá da escadaria); e Campo de’ Fiori.

Claro que eu não iria deixar de jogar minhas moedinhas na Fontana di Trevi, né?! A fonte é a maior e mais bonita Fontana barroca da Itália e, diz a lenda, que você deve jogar três moedas, virado de costas para a fonte.  A primeira moeda garante a sua volta a Roma, a segunda é sinal que irá se apaixonar e a terceira garante o casamento. Eu juro que não sei o que deu errado no meu percurso, porque ainda estou esperando pelo meu príncipe, querida Fontana (estou até pensando em pedir minhas moedas de volta) – risos.

Andando um pouquinho, podemos chegar ao Vaticano, que é o sonho de muita gente, especialmente para os seguidores da Igreja Católica. Confesso que meu maior interesse em visitar o local foi pelo conjunto histórico e arquitetônico a ser explorado. Agora, poder observar os frescos do teto da Capela Sistina, todos pintados por Michelangelo, e lembrar que é exatamente ali onde os Papas são escolhidos e coroados, não tem preço. Lembrando que, se você for visitar o Vaticano, reserve um dia inteiro e não vá vestindo regatas, blusas decotadas, shorts, bermuda, saia curta e chapéu, pois, certamente, sua entrada será barrada. 

Por fim, e não menos importante, a culinária italiana. Gente, o melhor sorvete que eu já provei em toda minha vida, sem dúvida, foi lá em Roma. A gastronomia é riquíssima. Pizzas, pastas, gelatos, vinhos, cappuccinos. As opções são tantas que a tua opinião sobre a Itália nunca mais será a mesma.

OBS: Quando for planejar teu roteiro em Roma, reserve, no mínimo, quatro dias para poder aproveitar tudo. Leve roupas confortáveis, tênis, e prepare-se para andar muito (principalmente se você é daquelas pessoas que, como eu, viaja com as moedinhas contadas).

Gostou? Compartilhe