Reflexos do abalo foram sentidos em Passo Fundo

Alguns locais chegaram a ser esvaziados por segurança. De acordo com o Corpo de Bombeiros, que recebeu aproximadamente 10 chamados, não houve dano material

Escrito por
,
em
Prédio do Banco do Brasil chegou a ser evacuado preventivamente, mas as pessoas já voltaram aos seus locais de trabalho

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Reflexos de um terremoto registrado na Bolívia, ontem de manhã, foi sentido em diversos pontos da cidade. O episódio foi registrado por volta das 11h, diversos prédios como o do Hospital São Vicente de Paulo (HSVP), do Banco do Brasil e do Fórum foram evacuados por segurança. O tremor durou em torno de 30 segundos de acordo com o Corpo de Bombeiros, que recebeu mais de 10 chamados na cidade. Não foi registrado dano material.


Além da região central, os bombeiros ainda receberam ligações dos bairros Vera Cruz, Planaltina e São Cristóvão – todas de edifícios de mais de quatro andares. A vibração sentida em Passo Fundo pode ser consequência de um terremoto de magnitude 6,8 na escala Richter, oriundo da Bolívia. Além do Rio Grande do Sul, o fenômeno foi sentido no Distrito Federal, em São Paulo, no Paraná, no Rio de Janeiro e em Minas Gerais. A intensidade do tremor foi dimensionada pelo Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP), que mantém um site com relatos do tremor.


Na Avenida Paulista, região central de São Paulo, diversos prédios chegaram a ser esvaziados. Imagens divulgadas pelas redes sociais mostram os trabalhadores ocupando as calçadas após descerem dos escritórios. No centro, o prédio do Ministério Público estadual também foi esvaziado. O tremor também foi sentido na região norte, segundo o Corpo de Bombeiros.


No estado de São Paulo, municípios do interior, como Marília, e do litoral, como Santos, também sentiram o tremor. Em Brasília, prédios localizados em uma de suas principais avenidas, a W3, na altura da quadra 508 Norte, foram evacuados e seus ocupantes receberam orientações do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal.


Segundo ele, equipes de vários quartéis de Brasília e cidades vizinhas foram mobilizadas para o atendimento da população, além de membros da Defesa Civil. Em caso de tremor de terra, a orientação para quem sentir os efeitos do abalo é de aguardar o socorro dos bombeiros e da Defesa Civil distante do prédio ou edificação. Se o abalo for forte, sugere-se procurar uma equipe de engenheiros para avaliar as condições de sustentação do edifício.


Outros tremores
Em fevereiro do ano passado, um abalo sísmico, que também havia atingido a Bolívia, causou tremores em Passo Fundo. O terremoto havia sido de 6,5 graus na escala de Richter na província de Chuquisaca Zudañez. Casos semelhantes ainda foram registrados em 2015 e 2011 na cidade.

Gostou? Compartilhe