Simpasso reúne mais de mil pessoas em almoço do Dia do Trabalhador

Evento foi prestigiado por lideranças do poder público e convidados

Escrito por
,
em
Mais de 80 prêmios foram sorteados na Festa do Trabalhador

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

O SIMPASSO, Sindicato dos Servidores Municipais de Passo Fundo, promoveu no dia primeiro de maio, mais uma Festa do Trabalhador. Cerca de mil pessoas, entre servidores municipais, familiares e convidados estiveram no Centro de Eventos do Sindicato, no bairro Petrópolis. A programação começou com um churrasco, seguiu com sorteio de prêmios e terminou com baile da Banda Terceira Dimensão.

“Sabemos o quanto os trabalhadores tem sofrido com reformas trabalhistas, com cortes do governo e mais recentemente, no caso dos municipários, com uma negociação salarial que não teve grandes avanços. Mas precisamos também lembrar que momentos como este são fundamentais para que nossos colegas se integrem, convivam fora do ambiente de trabalho na companhia de familiares. Foi uma grande festa, uma das maiores que o SIMPASSO já promoveu” disse o presidente do Sindicato, Éverson da Luz Lopes.

A Festa do Trabalhador, contou com a presença de diversas lideranças do poder público municipal, tanto do executivo quanto do legislativo. Também esteve no evento o presidente da Federação dos Sindicatos de Servidores Públicos do RS (FESISMERS), Marino da Silva. “Eu fiz questão de estar junto ao SIMPASSO neste Dia do Trabalhador, pois o Sindicato de Passo Fundo é um dos mais fortes e representativos de todo o estado. Sempre cito por onde ando que o modelo do SIMPASSO deve ser seguido, pois além da atuação na essência do serviço sindical, o SIMPASSO promove diversas outras ações que acolhem os servidores associados” concluiu Marino.

Gostou? Compartilhe