Teclando

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

 

Erechim
Neste dia 30 de abril, Erechim comemora o seu Centenário. Emancipado em 1918, o então 8º Distrito de Passo Fundo ficou com uma enorme área territorial que, ao longo dos anos, também foi fracionada para criação de outros municípios. O desenvolvimento econômico, dentro do eixo ferroviário, teve períodos como o extrativismo dos pinhais, os frigoríficos, o trigo, a erva-mate e o industrial. No auge dos frigoríficos, o transporte aéreo foi fundamental para a logística da produção. Por alguns anos, cinco grandes empresas operaram simultaneamente no Aeroporto Comandante Kraemer. Diferente da cidade-mãe, Erechim teve planejamento urbano e rural. Na cidade o traçado viário foi inspirado em Paris, permitindo ruas e calçadas espaçosas. No campo, em terrenos muito acidentados, as áreas foram distribuídas através da colonização realizada pela Comissão de Terras. Assim, a partir de Erechim, o Alto Uruguai recebeu colonos italianos, judeus, poloneses e alemães. Isso permitiu que, além dos rostos com traços europeus, muitos conhecimentos técnico-industriais e uma dose de cultura europeia moldassem o perfil da sociedade erechinense. De todos os municípios que se emanciparam de Passo Fundo, Erechim é o principal deles. Com grande crescimento econômico e populacional, é, hoje, o segundo polo em importância no Norte do Rio Grande do Sul. E, para quem ainda não sabia, eu sou nascido em Erechim, mas muito bem recebido e aquerenciado aqui em Passo Fundo. Assim, também comemoro com muito orgulho esses 100 anos.

Norte
Não é difícil reunir pessoas para formar um clube, uma associação, sindicato ou outra entidade. Criar é fácil, difícil é manter. Poucas entidades vão adiante, pois tropeçam na desagregação ou nas sempre evidentes vaidades. Outras até vão mais longe, mas poucas mantêm os objetivos inicias. Um desses raros exemplos é o Sinduscon de Passo Fundo. Desde 1986 mantém seus princípios inalteráveis e uma mesma postura diante da sociedade. Por praxe, que até lembraria a monarquia, segue uma espécie de linha sucessória que reforça a unidade da entidade. Na semana passada, o administrador Leonardo Gehlen assumiu a presidência do Sinduscon. É um jovem construtor e a sua família também é do segmento, atuando no ramo de madeiras. Ou seja, Leonardo já carrega os princípios da entidade. Mas o novo presidente abre uma nova etapa de renovação interna, pois terá ao seu lado outros jovens associados. Porém, como o Sinduscon nunca perdeu o seu próprio Norte, isso não significa mudanças ou novos caminhos. Ao contrário, é apenas uma oxigenação para não perder o rumo.

Voando
Prometidos para 24 de março, os voos entre Passo Fundo e Porto Alegre têm nova data para decolar: 21 de maio. Isso de acordo com a solicitação da Two Flex Táxi Aéreo, que promete voos alimentadores da Gol com o Interior do estado. Ainda não há venda de passagens, mas já estão no Hotran os pedidos para duas frequências ao dia, de segunda a sexta, entre Passo Fundo e Porto Alegre. A solicitação é para um voo pela manhã e outro à tarde. Nessa ligação a empresa utilizará um monomotor Cessna Caravan com capacidade para nove passageiros.

Trilha sonora
Pra matar saudades da Antena 1: Rupert Holmes - Him
Use o link ou clique
https://goo.gl/YodKxB

Gostou? Compartilhe