Teclando

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Paixão na Avenida
Lá pelos idos de 1980, os desfiles do Carnaval de Passo Fundo eram realizados na Avenida Brasil, com o palanque oficial montado ao lado do Clube Comercial. Foi ali que incorporei a Visconde do Rio Branco como a minha escola. Em matéria de passistas e bateria não tinha pra ninguém. Mas não era nenhuma barbada, concorrendo com Bom Sucesso, Garotos da Batucada e tantas outras escolas que encantavam na Avenida. Lindas fantasias materializavam sonhos de um ano inteiro. Trajes mais ousados levantavam a plateia nas arquibancadas montadas nas calçadas e canteiros. Os puxadores de samba não eram fracos. Quando o samba-enredo contagiava, o público reforçava o coro e os versos ecoavam pela Avenida. Na pista havia uma combinação de encanto, talento e paixão. Na plateia imperava a integração socioeconômica passo-fundense. A interação transpunha o cordão de isolamento, pois nos dois lados quase todos se conheciam. E, claro, na maioria das vezes o enredo também era local. Que saudades. Sinto falta de tão importante manifestação cultural. Então, para viabilizar o Carnaval de Rua, já está na hora de discutir sobre o desfile de 2020.

Burro Preto
Reunimos talentosos colegas e formamos o “Boleiros da Imprensa”. É uma equipe excessivamente comunicativa, mas que não interage tanto assim com uma bola de futebol. Atendendo ao convite do amigo Josué Longo, na semana passada o time realizou uma excelente exibição diante da Seleção Nacional de Burro Preto. Até o presidente da Câmara de Passo Fundo, Fernando Rigon, que é de Burro Preto, aplaudiu a magia do nosso elenco. A recepção do Ivo Balbinotte e familiares foi impecável, do churrasco de novilha à sobremesa. A reunião valeu pela integração entre colegas e por reencontrarmos tantos amigos daquela região. O jogo foi muito bom. O placar? Ah, não venham perguntar sobre esses pequeninos detalhes. Por favor!

Inocência e maldade
Inocência ou maldade? Em muitas circunstâncias fico nesse dilema. Até que ponto vai a inocência? Onde começa a maldade? A vida é repleta de inocências e maldades. Até porque convivemos com índoles que oscilam entre esses dois extremos. Talvez a maldade possa ser detectada em alguns gestos, essencialmente no oportunismo político ou no egoísmo social. Ora, assim podemos observar que o oportunismo é agente da maldade que se utiliza da inocência dos outros. Mas, para confundir tudo, a maldade também pode usar a carapuça da inocência. O difícil mesmo será encontrarmos a maldade regenerada e transformada em inocência.

Nota dez
Neste Carnaval Passo Fundo levou nota dez em evolução. Sim, estamos evoluindo em vários segmentos e, assim, comprovando nossa condição de Gigante do Norte. Mesmo que o Carnaval seja um ponto facultativo, tivemos um feriadão. O fator positivo é que os supermercados abriram normalmente. Que bom, pois não podemos retroceder ao arbitrário abre e fecha. Portas abertas é evolução. Merece nota dez. 

Trilha sonora
Foi-se Tavito, autor de Casa no Campo e que fez parte do lendário Clube da Esquina. Também ficou conhecido ao gravar uma parceria com Ney Azambuja: Rua Ramalhete.
Use o link: https://bit.ly/2TdpluS

Gostou? Compartilhe