Serviço de Teleatendimento da Covid-19 continua em funcionamento

Serviço seria encerrado no dia 30 de julho

Por
· 1 min de leitura
Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação
Foto: Divulgação
Você prefere ouvir essa matéria?

O Serviço de Teleatendimento, desenvolvido pela Universidade de Passo Fundo (UPF) e Prefeitura de Passo Fundo, que seria encerrado no dia 30 de julho, seguirá com seu funcionamento pelos próximos meses. A decisão visa manter o canal de orientação, esclarecimento de dúvidas, monitoramento de sintomas e apoio psicológico relacionados à pandemia de Covid-19 que teve início em março. Nesta quinta-feira (23), o Serviço completa quatro meses, ultrapassando a marca de 9 mil ligações atendidas. 

Além de atender ligações da população, a equipe também presta serviço de monitoramento de pessoas com sintomas de coronavírus. Ao longo desses quatro meses, 4,6 mil pessoas foram monitoradas pelo Serviço, totalizando mais de 9554 contatos feitos pela equipe de voluntários. Atualmente, 2086 pessoas ainda estão em monitoramento. “Esses mais de 9500 contatos incluem as ligações que nós também fizemos para monitorar esses pacientes. Então, pacientes que nos ligaram, com sintomas ou confirmação da doença, nós mantínhamos o monitoramento e o acompanhamento durante todo o período da contaminação pelo vírus, que são 14 dias. Nós ligávamos para esse paciente a cada dois dias, por exemplo, para ver o quadro clínico deles, se melhoraram, muitos pioraram no decorrer desse período, então nós encaminhamos para o hospital” explicou a coordenadora do Serviço de Teleatendimento, professora Me. Sandra Vanini. 

Novos horários

Desde o início do mês, o Serviço de Teleatendimento está funcionando com novos horários. Agora, as ligações podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h e aos sábados das 9h às 19h. Os telefones para contato são: 54 3316-8595; 9 96995595; 9 96797315; e 9 96676279. Também é possível entrar em contato por meio de mensagem.

Sobre o Serviço de Teleatendimento

O Serviço de Teleatendimento iniciou seu funcionamento no dia 23 de março, com atuação voluntária de uma equipe com cerca de 70 pessoas, formada por professores, funcionários e estudantes dos cursos de Medicina, Enfermagem, Fisioterapia, Farmácia e Psicologia da UPF, além de profissionais da rede de saúde do município. Entre as principais demandas atendidas estão o esclarecimento de dúvidas e orientações a respeito da Covid-19, monitoramento de pessoas com sintomas da doença e apoio psicológico.


Gostou? Compartilhe