OPINIÃO

18.12.2018

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

MDB, PR e PSB

Os três partidos, MDB, PSB e PR, integrarão a base do futuro governo de Eduardo Leite, PSDB. O argumento de que o projeto para resolver a crise do Estado está acima de tudo, pode até parecer nobre, mas não é o que move a maioria das lideranças detentoras da decisão. Partidos políticos precisam sobreviver no atual sistema e só sobrevivem se estiverem no poder. Estar no poder significa distribuir cargos aos companheiros, mantenedores da base eleitoral. Este é o círculo vicioso já impregnado no consciente político brasileiro. Quem ousar contestar ou enfrentar este sistema fica alijado do processo. Qual o interesse do PSB em apoiar Eduardo Leite, (já que na eleição esteve com José Ivo Sartori), senão ocupar cargos? O presidente estadual José Stédile não se reelegeu deputado federal e está cotado para assumir a secretaria de Obras. Os socialistas também negociam a Emater, Cetran e uma diretoria no Case. A decisão foi tomada pela executiva e contraria posição do vice-presidente Beto Albuquerque e o grupo que lhe apóia. O MDB também aprovou integrar o governo de Leite. Vai levar a secretaria de Transporte e outros cargos.

Tarde

Associação de Moradores do Centro, através do presidente José Rodrigo, solicitou que a Câmara de Vereadores cumpra, imediatamente, os apontamentos do Tribunal de Contas, que determinam ajustes no número de CCs. O pedido chegou tarde porque ontem os vereadores aprovaram a extinção de 20 cargos em comissão, só que valendo para a próxima Legislatura. Há 12 anos, o TCE vem apontando discrepância entre o número de CCs e o de servidores efetivos. A economia, a partir de 2021 será de R$ 1,4 milhão ano. Mas, só a partir de 2021.

Reeleito 

Iradir Pietroski é reconduzido à presidência do TCE-RS. Os conselheiros Estilac Xavier e Cezar Miola também foram reeleitos 1º e 2º vice-presidentes, respectivamente. Os cargos de ouvidor e corregedor seguirão sendo ocupados pelos conselheiros Pedro Figueiredo e Marco Peixoto, enquanto as presidências da 1ª e 2ª Câmaras também continuarão sob a responsabilidade dos conselheiros Alexandre Postal e Algir Lorenzon.

Novidade

O Ministério de Relações Exteriores confirmou, por meio de nota, que os chefes de Estado de Cuba e Venezuela foram "desconvidados" para a posse do presidente eleito Jair Bolsonaro, em 1º de janeiro. Mais uma novidade na transição. Desconvite: ato de enviar um convite e depois anulá-lo.

 

Diplomação

Governador eleito Eduardo Leite (PSDB) será diplomado na quarta-feira, às 17h, no Teatro da Ospa, no Centro Administrativo Fernando Ferrari.

Desabafo

Político conhecido desabafa: “Esse negócio ta tão desmoralizado, que um partido disputa a eleição, perde e se junto ao ganhador em troca de cargo”.

 

 

 

Gostou? Compartilhe