OPINIÃO

Alimentos que inibem a absorção de cálcio Pelo organismo

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

O cálcio não está presente apenas nos dentes e ossos, mas também nos músculos que dele depende a liberação de energia para promover e equilibrar a contração muscular. É tão importante o cálcio no organismo que a coagulação do sangue depende dele, inclusive a absorção de vitamina B12, secreção de insulina e a liberação de neurotransmissores.
Estudos realizados estabelecem que no mínimo três copos de leite e uma porção de queijo, devem ser ingeridos diariamente. Com isto estar-se-á evitando o desencadeamento de doenças de osteoporose e hipertensão, bem como fraturas ósseas.

Existem alguns alimentos que são prejudiciais à absorção de cálcio pelo organismo. Assim, é de fundamental importância estarmos atentos com relação à alguns alimentos, como por exemplo o chocolate que contém ácido oxálico e cafeína, cujas substâncias aumentam a eliminação do cálcio pelas fezes. O sódio que é encontrado no sal contribui para a excreção de cálcio pela urina. As pessoas que estão com problemas de osteopenia e osteoporose, devem se afastar do uso desse mineral. Já, o café, deve ser também motivo de preocupação para estas pessoas, pois a cafeína nele contido tem efeito diurético e auxilia na eliminação do cálcio pela urina. Determinados tipos de gorduras fazem com que o cálcio seja liberado pelas fezes ao invés de ir para os ossos. Exemplo são os ácidos graxos saturados de cadeia longa contidos na manteiga e carnes gordurosas. A proteína em excesso consome muito cálcio ao ser processada. Recomenda-se a ingestão moderada de proteína, bem como de refrigerantes eácidos oxálicos.

Frise-se, no entanto, que estas recomendações são mais endereçadas àquelas pessoas portadoras de osteoporose, osteopenia e hipertensão.

Gostou? Compartilhe