OPINIÃO

Anjos Vermelhos

Por
· 2 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Qualquer um que, pelas mais variadas circunstâncias, já tenha se defrontado com a necessidade de doação de sangue, quer seja para si próprio ou para pessoas próximas, não tem como escapar de sentir certa empatia com as mensagens e ilustrações que dão forma ao livro “Mensagens de amor, sem olhar a quem!”, que tem lançamento marcado para hoje (6 de outubro de 2017), às 9h, no espaço Drummond, nos pavilhões da 16ª Jornada Nacional de Literatura, no Campus I da UPF.

A obra “Mensagens de amor, sem olhar a quem!”, uma realização do Serviço de Hemoterapia do Hospital São Vicente de Paulo, leva a assinatura autoral da médica Cristiane Rodrigues de Araújo e da assistente social Larissa Shons. As ilustrações são do médico Ronaldo André Poerschke e contou com textos e edição da jornalista Endil Tamara de Mello. O projeto gráfico é de Joseane de Almeida Antunes e as fotos são da Caroline Silvestro e da Endil Tamara de Mello.

O livro é o resultado das campanhas “Pílula da Vida” e “Pílula do Bem”, que desde 2011 estão sendo postas em prática pelo Serviço de Hemoterapia do Hospital São Vicente de Paulo.  Essas experiências, que, agora, ampliadas, ganham forma de livro, já haviam sido, parcialmente, objeto de estudo cientifico relatado no trabalho “Projeto Pílula da Vida: uma ferramenta de humanização no serviço de Hemoterapia”, assinado pelas médicas Cristiane da Silva Rodrigues de Araújo e Simone Beder Reis; a assistente social Larissa Shons; e as enfermeiras Eliane Bianchini, Tatiane Golunski e Luciana Dagostini.

As campanhas mencionadas, conduzidas na forma de troca de mensagens, algumas assinadas e outras anônimas, entre doadores e pacientes, buscam, pela humanização do serviço de hemoterapia, valorizar o gesto de doação e motivar para que outras pessoas também se tornem doadoras de sangue, um produto sempre necessário e de múltiplos usos em hospitais, seja em atendimentos emergenciais de traumas ou nos mais variados tipos de tratamento que usam hemocomponentes.

O que se sobressai nesse livro são as mensagens, na forma textual ou por meio de ilustrações. Algumas com forte carga emocional. Em rápidas pinceladas, o leitor vai encontrar, no meio de textos mais longos, coisas como “doar sangue é celebrar a vida... um ato que dignifica o ser humano”, “espero um dia poder ajudar alguém como você me ajudou”, “agradeço aquelas pessoas que mesmo sofrendo me deram a VIDA”, “você foi a  diferença na minha vida”, “desejo mil coisas boas a você doador”, “muitas bênçãos hoje e sempre”, “somente quando precisamos e algo é que realmente temos a noção do seu valor”, “você é um doador de vida! Pessoas como você, Deus está sempre cuidando”, “doar sangue é como irrigar uma flor no jardim, uma gota de sangue salva vidas” e tantas outras do mesmo gênero.

Eu, particularmente, escolhi uma mensagem como a mais tocante. Faça a sua escolha. Eis a minha (página 12): “Você é meu anjo vermelho, teu gesto foi e é muito importante para mim. Que o Papai do Céu te abençoe e ilumine. Obrigado... levo comigo um pouco de você!”. A analogia do sangue com “Anjos Vermelhos”, feita por esse paciente, pareceu perfeita, pois, em essência, anjos são mensageiros e, nesse caso, os anjos vermelhos, travestidos no sangue, levam a mensagem da vida.

Quem já precisou de doação de sangue sabe da importância dessa campanha do Serviço de Hemoterapia do Hospital São Vicente de Paulo, cujo objetivo é a valorização e a fidelização dos doadores de sangue. Eu, que, no final de um procedimento hemoterápico, ontem, no HSVP, fui gentilmente agraciado, por uma das autoras, com um exemplar do livro “Mensagens de amor, sem olhar a quem!”, posso atestar que, pelo atendimento que tenho recebido naquele local, a humanização desse serviço no HSVP já é realidade. É por isso que, sem hesitar, reitero: lançamento hoje, às 9h, no espaço Drummond, na 16ª Jornada Nacional de Literatura, no Campus I da UPF. Prestigie!

 

Gostou? Compartilhe