Caminhada pede atenção e respeito aos idosos

Evento foi para lembrar Dia de Conscientização da Violência contra o Idoso

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

No próximo sábado, dia 15 de junho, comemora-se o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa. Para lembrar a data, a Coordenadoria de Atenção do Idoso (Comai) da Prefeitura realizou no início da tarde de quinta-feira (13) uma caminhada. Com faixas que falavam sobre a importância do respeito ao idoso, integrantes dos grupos de convivência concentraram-se na avenida Brasil, junto à praça do Teixeirinha, e seguiram em caminhada pela avenida Sete de Setembro, até o Parque da Gare.

Além das faixas, os idosos levavam também balões brancos, numa alusão à cor representativa da paz. E no Parque da Gare os balões brancos serviram para chamar a atenção de quem passava pelo local, onde foram ainda realizadas diversas atividades para os idosos.

Integrante de um dos grupos de convivência há seis anos, Neli Maria Teixeira deu o seu recado: “esta caminhada é para chamar a atenção para o respeito com os idosos, especialmente por parte dos filhos, que esquecem de dar carinho para seus pais. Estamos aqui pedindo respeito”. Esse mesmo sentimento foi o que levou Iraci Bortolini a participar da caminhada. “Esse evento é importantíssimo, pois estamos clamando por mais respeito com os idosos de todas as classes”, enfatizou.

Atividade durante todo o mês de junho
O tema da conscientização da violência sofrida pelos idosos é trabalhado durante todo o mês de junho nos grupos de convivência mantidos pela Coordenadoria do Idoso e a caminhada é uma forma de chamar a atenção para o assunto. “Em todos os grupos e oficinas trabalhamos o combate à violência contra os idosos no mês de junho e a culminância é essa caminhada”, explicou a coordenadora Cândida Bertoncello. “Fazemos essa caminhada para mostrar para a população que o idoso está vivo, trabalha, se diverte, compra, vende, está presente na comunidade e merece respeito e cuidado”, destacou.

Gostou? Compartilhe