Círculo Operário transfere atividades para Faculdade Anhanguera

Medida visa garantir a qualidade da educação enquanto direção encaminha soluções definitivas para o antigo prédio, localizado na Rua Paissandu

Por
· 1 min de leitura
Crédito:

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

As atividades letivas dos alunos da Escola Círculo Operário Passo-fundense foram deslocadas para as dependências da Faculdade Anhanguera depois das férias. A transferência visa garantir a qualidade na educação dos 250 anos do ensino infantil e fundamental e tranquilizar a comunidade escolar, enquanto a direção encaminha, com calma, uma solução definitiva para o antigo prédio, localizado na Rua Paissandu, próximo à Praça Tamandaré. 

Nas atuais instalações da Anhanguera serão disponibilizados sala de informática, biblioteca, refeitório, salas amplas, 100% de acessibilidade e ainda espaços de lazer. O diretor geral da faculdade, Robson Formigueri, afirma estar feliz com esta parceria que consolida a boa educação e que a estrutura da instituição está disponibilizada para todos os alunos e professores do Circulo Operário.
A direção da escola falará à imprensa nesta sexta-feira. O vereador Saul Spinelli tem acompanhado todos os encaminhamentos e auxiliado a Direção para agilizar os trâmites junto ao Poder Público.

Prédio
Em março deste ano, um oficial de justiça foi a sede da escola cobrar a desocupação de parte do prédio. O imóvel havia sido arrematado em leilão no ano passado e o proprietário reivindicava a posse do local. A venda do prédio foi realizada em decorrência de uma ação de execução fiscal, que tramita na Justiça Federal de Passo Fundo, cuja União moveu contra a escola, ainda em 1998. A escola tem 81 anos de história.

 

Gostou? Compartilhe