OPINIÃO

Coluna Saul - 08/01/2013

Por
· 3 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Agentes de Saúde I
Lamentável a situação das agentes de saúde e de alguns médicos que foram contratados pelo município, via processo seletivo. Os mesmos foram notificados pela prefeitura em final de 2012 para defesa administrativa, uma vez que o Tribunal de Contas apontou irregularidades na questão formal da contratação.

Agentes de Saúde II
O Simpasso, de forma ágil e competente, já reuniu os envolvidos com o assessor jurídico, Alcindo Roque, em reunião que participou também o vereador Paulo Neckle. A intenção é agilizar a defesa administrativa e se organizar para eventuais embates jurídicos.

Saúde
Está na hora de se resolver a questão da contratação dos agentes e ainda a relação de trabalho das equipes dos PSFs e ambulatórios. Não é possível que uma pessoa trabalhe 14 anos e depois de participar de um processo seletivo, tenha que passar por este tormento.

Salários
Além da contratação, temos ainda a questão salarial que é uma vergonha. Temos hoje um dos piores salários da região, perdendo inclusive para Carazinho. As técnicas de Enfermagem, por exemplo, estão com seus salários defasados há mais de quinze anos, o que inibe a permanência destas profissionais na rede pública.

Alternativa
Existem os que defendem o concurso público e outros a criação de uma Fundação para gerenciar a saúde, tal como é feito em Canoas. O que ninguém discorda é a necessidade urgente e premente de ações concretas que organizem a saúde pública e criem uma rede que se comunique e funcione. O atual secretário da Saúde, Luis Arthur, tem profundo conhecimento do funcionamento da rede pública e do SUS e poderá colaborar nos encaminhamentos necessários.

Uma vida de dedicação
Sabemos que a morte é inevitável e chega para todos. Talvez seja a ação mais socializada que existe, pois com ela não temos negociações. Ontem faleceu Thereza de Moura Valente Azeredo, viúva do saudoso líder comunitário Silvino Rosa de Azeredo. Thereza cumpriu o seu papel de mãe, criando encaminhando seus 14 filhos. Cumpriu o papel de esposa, acompanhando seu marido em todas as jornadas. Simples e humilde cumpriu de forma intensa o papel de cidadã. Parte deixando muita saudade e exemplos.

Berço do movimento
A APROSCHIS – Associação de Moradores do Loteamento Professor Schisler foi criada em 1990 na varanda do casal Silvino e Thereza. Uma roda de chimarrão e o grupo de homens e mulheres criaram uma entidade que até hoje defende os interesses da comunidade. O casal Azeredo deixou os frutos do trabalho e amor à sua terra e seus familiares e amigos lembrarão com carinho daqueles que emprestaram sua casa para ser o berço do movimento comunitário do Bairro Integração. Um abraço a todos os filhos, netos e bisnetos deste casal que ao longo de 25 anos de convivência, tiveram amizade e carinho com este colunista. Que DEUS receba com muita luz a amiga Thereza e que junto com Silvino ela descanse em paz.

Índice negativo
Hoje Passo Fundo tem 200 mil habitantes e os índices de crescimento do município são indiscutíveis, pois todos concordam com o avanço em várias áreas. Agora, dizer o que quando nos deparamos com apenas 91 agentes de saúde trabalhando na ativa, enquanto este número deveria estar em 200, esperar o que dos resultados? É urgente a valorização e qualificação da classe com um plano de carreira e remapeamento das áreas que foram organizadas em 1997. Mais uma tarefa para o secretário Luis Arthur, oriundo do setor público.

Codepas
A Companhia de Desenvolvimento de Passo Fundo não precisa de muita concorrência para atrapalhar o seu trabalho. Lamentavelmente a falta de comprometimento de alguns funcionários é nociva nos resultados finais daquela que hoje, além do transporte, é responsável pela coleta de lixo e estacionamento rotativo. Chegou a reclamação de uma passageira que ficou no ponto de ônibus, no Loteamento Morada do Sol: o motorista da linha naquele horário chegou ao meio da rota e perguntou “alguém vai para a Morada do Sol?” A resposta foi negativa e o motorista fez a volta, retornando para o centro, não cumprindo o itinerário. Uma boa ideia é ocupar o GPS e responsabilizar este profissional.

Codepas II
A Rua Alôncio Camargo, depois de 30 anos sendo itinerário das linhas da Codepas, foi asfaltada em 2012. A via pública também é local de muitas empresas daquela região, mas sem explicações alguns motoristas da Companhia insistem em ocupar outras ruas sem pavimentação para fazer o itinerário. As despesas de manutenção, limpeza ou o fato de ter passageiros esperando nos pontos daquela via pública, não são levados em consideração por aqueles que deveriam conservar com carinho seus passageiros. O engraçado e que antes da pavimentação, nunca se utilizaram desta alternativa. Vá entender...

Chico Xavier
Frase citada no discurso do prefeito Luciano Azevedo e de autoria de Chico Xavier “Valoriza os amigos, respeita os adversários”.

Gostou? Compartilhe